.: Wanel Ville 27 :.
 
.: Editorial :.

O final de ano chegou. É tempo de parar e refletir em tudo o que ficou para trás, bem como no que está por vir. Assim, analisamos nossa atuação e, novamente, buscamos aprimorar e crescer como seres humanos.
Estamos satisfeitos, pois, conseguimos atingir as metas planejadas para este ano. O empenho e a motivação estiveram sempre atrelados ao nosso trabalho.
Para o ano que se aproxima, de igual maneira, nossas metas buscam evoluir, acompanhando as mudanças e transformações, e mais, atendendo as necessidades que possam surgir.
Nossa atuação também consiste em ajudar entidades e organizações divulgando suas ações e carências. Fato que nos traz muita satisfação, já que a união de esforços é fundamental para a promoção da solidariedade e caridade, que proporcionam não apenas auxílio material, e sim, moral e espiritual a muitos necessitados. Enfim, a Zona Oeste cresce, em obras, modernidade e solidariedade, e juntamente com ela o nosso trabalho, do qual temos orgulho. Nossas páginas, portanto, continuarão acompanhando a evolução e informando, noticiando e auxiliando milhares de moradores. E mesmo em meio às dificuldades e vitórias enfrentadas ao longo do ano, paramos um instante para agradecer e desejar um feliz Natal e próspero ano novo; pequenas palavras, mas que nos fazem refletir, trazendo forças para um recomeço, pois, é sempre importante lembrar que o fracasso reside nas mãos inertes daqueles que não sabem lutar.
Boas Festas a todos!

O editor

.: Vereador Helio Godoy é reeleito com votação histórica em Sorocaba :.

Helio Godoy foi o vereador que recebeu a maior votação entre os candidatos que disputaram a reeleição para a Câmara Municipal de Sorocaba. No total foram 6.384 votos, mas foram nas regiões Oeste e Norte da cidade que teve o maior apoio.
Em sua primeira candidatura foi eleito com 3.043 votos. Ou seja, o resultado das eleições de outubro comprova que sua popularidade aumentou mais de 100%.
Conhecido como o vereador da Habitação e da Regularização de Moradias, Godoy foi autor de várias audiências públicas e teve aprovado diversos projetos para a cidade, assim se consolidou como um vereador com visão social e habilidade com a população.
Bairro em Foco: Como analisa o seu primeiro mandato e as conquistas para a comunidade?
Hélio Godoy: Trabalhei muito desde o primeiro dia até hoje. Sempre estive presente na comunidade, participando da vida das pessoas em reuniões, de caminhadas e levando os pedidos de melhorias dos bairros para o prefeito.
Focamos na falta de casa popular para trabalhadores de baixa renda, um dos maiores problemas da cidade, e na legalização dos imóveis em bairros irregulares.
Construímos mais casas e legalizamos todos os imóveis das áreas públicas da cidade, como por exemplo, o Jardim Ipiranga e o Jardim Refúgio.
Participei de congressos e seminários para trazer novidades e maneiras de melhor trabalhar em prol do povo. O resultado disso foi o reconhecimento em 2007 ao ganhar um prêmio “Melhor entre os melhores vereadores do PSDB do Estado de São Paulo”.
Bairro em Foco: E agora para o novo mandato. Quais são suas metas?
Hélio Godoy: Vou continuar trabalhando na periferia da cidade, principalmente para que mais casas populares sejam construídas e dê a chance àqueles que não têm renda suficiente pagar aluguel ou para financiar um imóvel.
Darei continuidade na legalização dos bairros, acompanhando o trabalho feito até agora pela nossa equipe com mil processos prontos para entrega aos moradores do Jardim Ipiranga e Jardim Refúgio. Esses bairros serão os primeiros e isso se estenderá para outros locais da cidade.
Vou trabalhar para a qualificação de mão-de-obra, principalmente com os jovens, mas sem esquecer os pais de família que não tiveram a oportunidade de estudar e precisam melhorar sua renda. Trabalharei para criar as “Casas de ofícios”, nos bairros todos nós temos que ter um ofício e com isso ganhar a vida trabalhando.
Estou sugerindo ao Prefeito Vitor Lippi para que nas Casas do Cidadão tenha advogado gratuito para atender o povo, nas orientações e leis. Trabalharei para que se tenha na cidade tarifa social de água no SAAE para consumidores de baixa renda.
Fiscalizar os gastos das obras públicas e da administração municipal, pois vivemos momentos de crise e devemos utilizar da melhor maneira o dinheiro do povo que paga muito imposto.
Quero continuar como fiz no primeiro mandato, sempre ouvindo a população trabalhando muito para colher resultados. A população sorocabana quer resultados, obras e melhor serviço público.
Bairro em Foco: E como anda as expectativas quanto à presidência da Câmara?
Hélio Godoy: Nem sempre o presidente da Casa de Leis é o vereador mais votado. Depende muito dos acordos.
Eu quero trabalhar para o povo e administrar a Câmara pode me afastar um pouco do trabalho nos bairros e conseqüentemente, atrapalhar o compromisso com o eleitor.
È uma honra para qualquer um vereador ser o presidente do legislativo, mas o mais importante, que foi os milhares de votos dos sorocabanos, eu já recebi. Agora é trabalhar para que a nossa Sorocaba cresça com qualidade de vida para todos e que os serviços públicos sejam melhorados cada dia mais e que a população sinta-se respeitada nos seus direitos como cidadãos.
Bairro em Foco: Qual a lição aprendida com a eleição?
Hélio Godoy: Não deixar para trabalhar só no último ano de mandato. Eu e minha equipe de assessores trabalhamos os quatro anos e na hora “H” tivemos reconhecido o nosso trabalho com uma grande votação e o respeito do eleitor. E são eles quem dão a palavra final.

 

.: Seus Filhos decidirão o futuro. Dê para eles o melhor agora :.

A base da educação infantil marca a vida do ser humano, num processo evolutivo primordial. É onde os primeiros passos de desenvolvimento passam a integrar a vida da criança numa maneira de reconhecimento do outro e de sua formação.
O Centro de Educação Infantil Chave de Ouro, propicia um ambiente onde as crianças desenvolvem com criatividade uma educação pautada no respeito, caráter, companheirismo, amor e ética.
Construída numa área de 523.24 m², o centro foi fundado em outubro de 2002. “Montei a escola como um sonho, porque acredito que temos que investir na evolução humana, formando melhores indivíduos, com o intuito de colaborar com o planeta,” afirma o mantenedor.

Educação

Baseada no método sócio-construtivista, a escola acredita no aprendizado na prática, no conhecimento compartilhado com oportunidades iguais de desenvolvimento para todos.
Entre algumas atividades da parte pedagógica estão a brinquedoteca, pintura no azulejo, aula de inglês, horta, sala de vídeo, parque, biblioteca, recreação, aula de música, judô e ballet. A escola ainda conta com uma equipe de apoio com psicólogo, fonoaudiólogo e dentista.
Segundo a diretora Tatiana Isis Cordeiro, a escola atua em diversos segmentos e atualmente trabalha na disciplina de artes as obras de Tarsila do Amaral. “Discursamos sobre suas obras com paixão, para que as crianças possam ter a compreensão e reconhecer a arte, em seguida fazemos uma releitura da obra da Tarsila do Amaral, o “Abaporu”, conta entusiasmada.
Na horta cuidada pelos alunos, já foram plantados cenoura, tomate, grão de bico, alface, rúcula, beterraba, amendoim, e quando é feita a colheita, eles levam para casa um bilhete com os dizeres “eu plantei, eu cuidei, eu colhi”. O objetivo é ensinar a criança a ter paciência nas etapas do plantio, além do cuidado e respeito que devem ter com a planta.
Estão abertas matrículas para todos os períodos. O Centro de Educação Infantil Chave de Ouro fica na avenida Elias Maluf, 864, Wanel Ville 2. Mais informações pelo telefone: 3217 3853, ou visite nosso site: www.escolachavedeouro.com.br.


.: Projeto “Dentista do Bem” será implantado em Sorocaba :.

Com o objetivo da inclusão social através de tratamento dentário gratuito, chega a Sorocaba o projeto social “Dentista do Bem”, criado e pelo paulista Fábio Bibancos m 2002, e que já atendeu cerca de dez mil menores nos consultórios particulares de quatro mil dentistas, espalhados por todo o país.
O jornal Bairro em Foco conversou com o dentista Edílson Valente, responsável pela coordenação do projeto na cidade. Acompanhe a reportagem:

Bairro em Foco: Como será sua atuação?
Edílson Valente: Vou participar como coordenador regional voluntário tendo como compromisso ampliar o número de profissionais voluntários participantes, identificar e contatar escolas da rede pública de ensino para a realização de triagem para a seleção das crianças atendidas pelo projeto “Dentista do Bem”.
Bairro em Foco: Quando você passou a fazer parte do projeto e até quando ficará?
Edílson Valente: Passei a fazer parte do projeto em setembro de 2008, a convite da Dra. Tatiana Penna Cleff, ficando três dias em São Paulo para capacitação. Pretendo ficar o tempo necessário, enquanto tiver saúde para ajudar o próximo.
Bairro em Foco: Qual a importância do projeto?
Edílson Valente: Prestar atendimento odontológico em todas as áreas gratuitamente, para crianças entre 11 e 17 anos que não têm acesso ao tratamento odontológico, aumentando sua auto-estima, e preparando para o mercado de trabalho. O projeto promove soluções de acesso a tratamento odontológico, influenciando e mudando políticas públicas.
Nossa missão é mudar a percepção da sociedade na questão da saúde bucal e da classe odontológica com relação ao impacto sócio ambiental de sua atividade. E mais, fazer pelo outro o que faríamos pelos nossos filhos, realizar com alegria, eficácia e transparência na gestão.
Bairro em Foco: Como será implantando em Sorocaba?
Edílson Valente: Primeiramente mobilizar e sensibilizar a classe odontológica a praticar voluntariamente ações solidárias, através do atendimento gratuito a crianças e adolescentes de baixa renda, proporcionando tratamento curativo e preventivo. A ação será realizada em escolas da rede pública (estaduais e municipais), e com omunidades carentes.
Bairro em Foco: Como é realizada a triagem das crianças?
Edílson Valente: Será realizada nas escolas selecionadas, nas crianças e adolescentes matriculados do 5º ao 9º ano, aplicando-se o índice de hierarquia de complexidade, que gera uma classificação coletiva, dividindo as necessidades da população em categoria, de acordo com a faixa etária, complexidade e tipo de recurso humano requerido.
Bairro em Foco: Onde será realizado o atendimento?
Edílson Valente: No consultório do dentista voluntário, utilizando materiais de qualidade, com procedimentos odontológicos, curativos, educativos e preventivos gratuitamente.
Outras informações do projeto podem ser obtidas pelo telefone 3221-9890.

.: Charme é o diferencial da Cravo e Kanela:.


Agora no Wanel Ville é possível encontrar moda feminina de alto nível com preços que cabem em qualquer bolso. A loja Cravo e Kanela oferece uma variedade de roupas e acessórios para qualquer tipo de visual.
O diferencial da Cravo e Kanela, segundo a proprietária da loja Juliana Domingues Loureiro de Mello, está na consultoria que é oferecida ao cliente. Com apenas 21 anos, ela tem experiência na área e com vasto conhecimento das tendências mundiais da moda, Juliana dá um toque pessoal e consegue identificar o que mais combina com o seu guarda-roupa. E mais, a loja conta com a linha de cosméticos da Natura em pronta entrega.
Para as compras de natal, não deixe de passar pela Cravo e Kanela. A loja fica na rua Pedro Biffano, 53.

.: Perfumaria Sakurá comemora seu primeiro ano no mercado :.

A Perfumaria Sakurá comemora em grande estilo seu primeiro ano no mercado. E quem ganha são os clientes e amigos conquistados ao longo desse período.
O crescimento da perfumaria Sakurá é muito reconhecido. Não é para menos. Hoje, a loja conta com mais de 4.000 itens dos mais variados para atender particulares e profissionais do ramo.
Inaugurada em 3 de dezembro de 2007, a Perfumaria Sakurá nasceu para atender as necessidades do Wanel Ville. Numa pesquisa realizada por Silvio Hideo Oyafuso foi constatado que não havia uma perfumaria do porte e qualidade que mereciam os moradores e colegas da profissão de beleza.
A diversidade de produtos é uns dos itens que compõem sua qualidade. Todo o lucro conseguido é investido no próprio empreendimento visando sempre a melhoria contínua. Outro diferencial está no ótimo atendimento e a estima por todos aqueles que, de alguma maneira, contribui para esse sucesso.
Para comemorar esta data, o proprietário Silvio preparou algo bem especial. A cada R$20,00 em compras, o cliente concorre a várias cestas de produtos de beleza. O sorteio será realizado no dia 27 de dezembro às 15 horas na Perfumaria Sakurá.


.: Rede Construmix vende por atacado :.

A Rede Construmix amplia ainda mais sua atuação. A partir de agora, passa a vender os materiais para construção por atacado, sendo a única na cidade em diversidades de produtos do básico ao acabamento. E para ter acesso a essa novidade, o consumidor não precisa ser associado, basta que o lojista tenha CNPJ de material de construção.
A inauguração da Construmix Center Atacado de Materiais para Construções ocorreu no dia 28 de novembro, e marca constante crescimento da Rede Construmix, que conta atualmente com sete funcionários e uma estrutura completa numa área de 2.200 m².
Os lojistas terão acesso a uma ampla gama de produtos, com mais de três mil itens como: telhas onduladas (plástica, fibra e cerâmica), tubos e conexões, caixas d’água, esquadrias metálicas, pias e gabinetes, louças sanitárias; argamassas e rejuntamentos, tintas e impermeabilizantes, madeiras, ferragens e miudezas em geral.

Sua história

No dia 17 de novembro, a Rede Construmix comemorou nove anos de fundação. A Associação de Lojas de Materiais para Construção de Sorocaba e Região teve início com a assessoria do Sebrae Sorocaba, que orientou e estimulou os empresários para a realização dos trabalhos.
A rede visa proporcionar condições e idéias para o exercício de suas atividades comerciais e aprimoramento dos serviços prestados aos seus consumidores, e contribuir para que seus associados realizem campanhas publicitárias.
A atual Diretoria da Rede Construmix é composta pelo presidente Jéferson Espigares, o Diretor Financeiro Alex Rozemberg, o Diretor Administrativo Vanderlei Leite, o Diretor Comercial Tatsumi Takamune, a secretária Kátia Aguena e o gestor Luiz Gonzaga.

Associativismo

Se isolada uma empresa não vai muito longe, a união de empresas que têm os mesmos problemas permite encontrar soluções para uma série de dificuldades e gerar benefícios comuns no nível econômico, social e político. Muitas vantagens são obtidas dentro de um associativismo, entre elas o poder de barganha, preços mais baixos, eliminação de intermediários, condições de pagamento, menor custo de estoque e de frete, acesso a grandes fornecedores.
No associativismo, o consumidor também é privilegiado, pois tem acesso a melhores preços e condições de pagamento, tendo à disposição produtos de qualidade que poderão atender suas necessidades. Lojistas e clientes ficam satisfeitos, estreitando laços.
Você pode entrar em contato com a Rede Construmix pelos telefones: (15) 3227 6442 e 3227 1410, ou pessoalmente, à Avenida São Paulo, 2.233, Vila São Domingues, em Sorocaba. Mais informações, acesse o site: www.redeconstrumix.com.br


.: Rock and Roll agitou “O Palco é Seu!” :.

Muita música de qualidade, alegria e profissionalismo tomaram conta do Território Jovem, do Jardim Ipiranga, no dia 6 de dezembro. O projeto “O Palco é Seu!”, promovido pela Secretaria da Juventude (Sejuv), reuniu seis bandas de Sorocaba, São Paulo e Santo André, que levaram para o público presente o melhor do Rock and Roll.
As bandas participantes foram Merrow, Madeleine K, FullStero, Ecos d’ Alma, Encore Break e Rosa Furiosa. O secretário Antônio Carlos Bramante destaca que “esse projeto visa valorizar o talento artístico dos jovens, que mostrarão neste evento as suas potencialidades, aumentando a auto-estima de cada um”.
De acordo com Luiz Carlos Takenaka, coordenador do espaço, ainda há vagas para as apresentações que serão realizadas no próximo sábado, dia 13. Os interessados podem se inscrever pelo telefone 3221.3081 ou diretamente no próprio Território Jovem.

As bandas

A primeira banda a tocar foi Merrow, grupo de música irlandesa formada há dois anos. Integrada por jovens músicos de São Paulo, a banda mescla o melhor da folk music, da música celta e do rock and roll. O grupo já tem quatro músicas próprias gravadas em um CD, que trazem letras compostas pelos integrantes da banda: Felipe (violino), Marcos Reis (percussão), Marilena (violão e voz) e Vanessa (violão e voz).
“Achei muito legal um evento como esse, pois tudo o que incentiva a cultura é interessante, principalmente se há apoio do governo municipal”, declara o percussionista Marcos.
Outra banda que se apresentou foi a “Madeleine K”, formada por Sidan (guitarra e voz), Bea (baixo e voz), Denilson (guitarra e backing vocal) e Renan (bateria). O grupo sorocabano é formado desde dezembro de 2006 e está gravando o seu primeiro CD. “Sorocaba, hoje, tem vários espaços legais para esse tipo de evento e é muito importante dar oportunidade para bandas que estão começando”, ressalta a baixista Bea.
O Território Jovem é um espaço aberto para as manifestações culturais e artísticas propostas pelos próprios jovens. Por isso, ele pode ser usado para ensaios, eventos de grupos musicais, danças e apresentações em geral.
Outras informações pelo telefone 3221.3081 ou no próprio TJ, que fica na Av. Elias Maluf, 1.080.

 

.: Farmácia não é comércio, é estabelecimento de saúde :.

A introdução ao consumo desnecessário e irracional de medicamentos é uma realidade nas farmácias brasileiras. Descontos, cartões de fidelidade e promoções são estratégias rotineiras para incrementar as vendas.
Comissões são “prêmios” para balconistas e farmácias praticam a “empurruterapia” junto aos usuários. A propaganda, por sua vez enganosa e abusiva, continua sendo um estímulo para usuários. Os balconistas predominam no atendimento e acabam por prescrever medicamentos desnecessários à população.
O Brasil precisa de uma política pública que altere o conceito e as práticas das farmácias. Do comércio elas devem passar a estabelecimentos de saúde. Para a promoção da saúde pública elas devem irradiar noções sanitárias e promover o uso correto e racional dos medicamentos. Farmácias devem prestar assistência farmacêutica, como preconiza o SUS (sistema único de saúde), através do profissional competente, o farmacêutico.
Sua vida não tem preço

.: Soliedariedade também se aprende na escola :.

A sociedade de informação exige cada vez mais que os saberes necessários a educação contemporânea seja ressignificada em experiências fora da escola. Sendo assim, a comunidade escolar – alunos, pais, professores e funcionários – deverão unir esforços para discutir, motivar e concretizar ações voltadas à formação do jovem solidário, apontando caminhos de sensibilização e envolvimento com as questões sociais, ambientais, qualidade de vida, preservação da saúde. O cidadão do mundo antenado ao global, seja via TV ou internet, deverá ter acesso a questões locais e tomar para si a partir de suas raízes o sentido de pertencimento a seu mundo.
A cooperação reforça teorias e a solidariedade une jovens capazes de se emocionar, constituindo valores e sentimentos que vinculam a teoria e a prática.
A ação solidária articulada ao Projeto Político Pedagógico da escola proporciona seis tipos de benefícios ao educando, nos diz a embaixadora da Boa Vontade da Unesco e Presidente do “Faça Parte” – Instituto do Brasil Voluntário, Milú Villela: “o primeiro de ordem cognitiva, na medida em que permite conjugar teoria com a prática humanizadora, o segundo benefício é cívico, o terceiro de ordem ética sendo a escola um terreno fértil para a semeadura de valores elevados, o quarto e quinto dizem respeito a conquistas pessoais e profissionais, muitas empresas admitem o envolvimento em voluntariado como critério para desempate em processos de seleção e o sexto ganho insere-se na dimensão social. Uma boa experiência de voluntariado educativo expande os muros da escola.”
Através de ações, pequenos gestos de acolhimento, gentilezas, e brilhantes iniciativas, como a de professores levando nossos jovens a partilhar seu dia com os idosos do Lar São Vicente de Paula, ou organizando junto ao Grêmio arrecadação de material de higiene e limpeza para a AMAS, entidade que atende crianças autistas, bem como exemplos da comunidade, entre elas, a visita do Dr. Edílson Valente Jorge, que inscreveu a nossa escola no Projeto Dentista do Bem, trazem a esperança que nossos jovens farão no futuro, uma sociedade mais justa e eqüitativa.
Profª Suely Camargo Santos
Diretora da E.E. Profª Ana Cecília Martins

.: Os filhos necessitam de disciplina e limites:.

Que chato dizer “não” para o meu filho. Certamente, você já deve ter seguido essa linha de raciocínio pelo menos uma vez na vida. Mas saiba que esse “não”, futuramente, pode ser uma tacada certeira para o decorrer da relação. Muitos pais acham que dizer sim ou aceitar tudo que as crianças pedem irá compensar a ausência enquanto trabalham fora. Ou simplesmente porque dizer sim é mais fácil, pois, estão cansados para escutar as reclamações e choradeiras dos pequenos.
Aceitar tudo o que o querido de casa determina é a porta de entrada para uma má educação por parte dos pais. Quem alerta é a pedagoga Varuna Viotti. “Na preocupação de não frustrar as crianças, de satisfazerem todos os seus desejos, os pais vão perdendo o domínio da disciplina familiar, que é o respeito básico para que a criança e mais tarde o adolescente e o jovem aceitem regras e normas na escola e na vida”, diz a profissional.
O reflexo disso é visto não tão somente dentro de casa, mas o falso autoritarismo da criança é transportado para o mundo externo, ou seja, à escola e também nas relações com outras crianças. É cada vez maior o número de queixas de professores em relação à indisciplina e à falta de limites de crianças.

O novo dono da casa

Com apenas três anos de idade já é possível detectar traços de dominação no ambiente familiar. Na base do condicionamento, ela vai se acostumando a executar determinadas ações que nem sempre são aconselháveis para uma boa formação educacional. E isso é ruim para a criança, pois terá enorme dificuldade de convivência com os demais. Inicialmente, pelos pais permitirem tudo, a criança tende a não se sentir amada. Excesso de tolerância pode significar indiferença e falta de amor.
Esse ambiente centralizador gera insegurança e até mesmo agressividade no comportamento infantil. Já em um ambiente estranho, a criança terá grandes dificuldades para agir, pois, não será a “dona do pedaço”, fazendo com que a insegurança e a agressividade se transformem em autodefesa..
“Disciplinar os filhos faz parte do processo de amor dos pais e mesmo que a princípio eles reajam e não aceitem prontamente a disciplina, certamente no futuro irão reconhecer que foi esta disciplina que sedimentou tudo o que conseguem na vida”, informa Varuna. Os pais devem ser bons exemplos. Cortar passeios ou outras atividades, caso a criança volte a apresentar um comportamento inadequado, pode ser uma boa maneira de coibir os abusos.
Não há como cuidar dos filhos “sob uma redoma” onde tudo é permitido. A sociedade vai cobrar limites e nem tudo que a criança quiser vai conseguir. Estabelecer limites e disciplina requer paciência e firmeza. Criança que cresce achando que tudo pode e que só terá coisas boas na vida terá mais propensão a ser seduzido por outros fatores, que funcionam como “iscas” para fugir da realidade que encontrará, entre os quais a bebida e as drogas.
http://guiadobebe.uol.com.br