.: Matérias Jardim Simus Edição Nº 43 :.
 
.: Editorial :.
 
.: Jornal Zona Oeste em Foco: novo nome e a mesma credibilidade :.

Confiança, credibilidade, notícia, informação e prestação de serviço. Um sonho que há 10 anos se tornou realidade! O Jornal Bairro em Foco, que comemora 10 anos de atuação na Zona Oeste em março, agora tem um novo nome: Jornal Zona Oeste em Foco! A publicação que começou com apenas 3 mil exemplares, na região do Wanel Ville, atualmente é distribuído, gratuitamente, porta a porta, em mais de 30 bairros, totalizando 45,5 mil exemplares, na segunda maior região de Sorocaba. Mas, por que mudamos? Mudamos porque é preciso inovar! É preciso acompanhar as mudanças rápidas de um mundo em constante transformação, onde os avanços da tecnologia não param. Em 2012, várias alterações foram feitas no projeto gráfico para levar ao nosso público em geral, um jornal visualmente bonito, fácil de ler, com conteúdo interessante para nossos leitores, e com anúncios publicitários de grande retorno para os anunciantes. Além disso, o jornal contou ainda com a colaboração de um consultor empresarial, que mostrou novas possibilidades de melhorias e inovação.
O Bairro em foco se consolidou na Zona Oeste da cidade como o principal veículo de comunicação da população local, e uma referência em publicidade e propaganda para os comerciantes da região. Por isso, o momento é de mais mudanças! Começamos 2013 com pique total e muita motivação para levar até você um jornal cada vez melhor! Muita novidade vem por aí! E esperamos que nos próximos 10, 20, 30 anos..., o Jornal Zona Oeste em Foco continue sendo exemplo de reconhecimento, confiança e credibilidade do nosso público no veículo de comunicação que melhor representa a Zona Oeste. Sem perder a nossa característica principal de mostrar o que acontece nos bairros, a mudança do nome pretende consolidar ainda mais o jornal como uma referência para Sorocaba na região. Muito obrigada a você leitor, e a você anunciante, pelo prestígio!

Ana Claudia Martins


.: Centro Esportivo Padre Pieroni poderá ganhar biblioteca comunitária :.

O que a prática de atividades físicas e o hábito da leitura têm em comum? Além de proporcionar uma melhor qualidade de vida, tanto física como mental, elas poderão ser oferecidas para os moradores da região no mesmo espaço. Em breve, o Centro Esportivo Padre Pieroni, do Jardim Simus, poderá ganhar uma biblioteca comunitária, com acesso gratuito para o empréstimo de livro pelos frequentadores.
A experiência começou na unidade do Jardim Maria Eugênia, realizado pela Organização Não Governamental (ONG) Associação Kairós Sorocaba. Atualmente, os livros estão temporariamente guardados numa sala do Centro Esportivo, e serão remanejados para um espaço maior, para que a biblioteca volte a funcionar. Segundo o professor Paulo Cesar Gazzi, dirigente da ONG, e um dos responsáveis pela organização da biblioteca, com o apoio da Sociedade de Amigos do bairro Jardim Maria Eugênia, foram doados mais de 3 mil títulos, entre os quais coleções de histórias infantis.
Durante uma visita ao local, o secretário de Esporte, Francisco Moko Yabiku, conheceu a biblioteca comunitária e determinou que ela seja implantada também nos demais centros esportivos da cidade. “Fizemos uma reunião com o secretário José Simões de Almeida Junior, da Secretaria da Cultura, e ele se colocou à disposição para que possamos implantar bibliotecas em todos os centros esportivos”, afirma o secretário de Esporte.
Na unidade do Jardim Simus, o responsável técnico do Centro Esportivo Padre Pieroni, Luis Severino, disse que será preciso adequar um espaço no local para montar a biblioteca comunitária. “Além disso, teremos que contar com a colaboração da comunidade e entidades para a arrecadação de livros”, conta.
Maria Lúcia Carvalho há 3 anos frequenta às aulas do voleibol adaptado e aprovou a ideia. “Acho excelente ter uma biblioteca aqui no centro esportivo do bairro. Gosto de ler para me atualizar e com certeza irei emprestar livros”, afirma.
Quem tiver interesse em colaborar com a biblioteca comunitária, pode entrar em contato com os voluntários da Associação Kairós Sorocaba, pelo email ongkairos.sorocaba@gmail.com ou pela página no facebook, procurando por Kairós Sorocaba.



.: Paróquia do Ouro Fino apresentará encenação da “Paixão de Cristo” :.

Uma história de fé que até hoje desafia a ciência moderna! Entre as missas e celebrações religiosas que vão ocorrer durante o feriado da semana santa na Paróquia Santa Maria Madalena, no bairro Parque Ouro Fino, será apresentada a peça de teatro “Paixão de Cristo”, na sexta-feira, 29 de março, às 19h30, no salão da igreja. A peça tem cerca de 1 hora de duração e encanta o público. Os últimos dias da vida de Jesus Cristo são mostrados ao lado de seus apóstolos, até o momento de sua captura, calvário na cruz e morte. O figurino e os detalhes do espetáculo também impressionam o público: roupas como as usadas na época de Jesus e a roupa dele com sangue artificial, mostrando todo o seu sofrimento, durante o percurso em que carregou a cruz nas costas, até a sua crucificação.
Os ensaios para a encenação da “Paixão de Cristo” já começaram e são realizados no salão paroquial aos domingos, a partir das 15 horas. No total, 67 atores fazem parte da apresentação. O organizador da peça, Fernando Nomelini da Silva, mora no Parque Manchester e é o responsável por toda a produção do espetáculo. Segundo ele, este ano o roteiro terá algumas novidades. “Coloquei algumas cenas novas, que não tinham na versão do ano passado, e uma passagem muito bonita de um diálogo entre Jesus e Maria”, conta. Fernando participa do grupo de teatro desde 2009 e se sente realizado com a experiência. “Eu fico muito feliz com o resultado porque é uma forma diferente de evangelizar as pessoas. Além disso, sinto a presença de Deus mais forte dentro de mim quando estamos realizando o evento”, afirma.
A encenação da “Paixão de Cristo”é gratuita e aberta ao público. A Paróquia Santa Maria Madalena fica na Rua Dr. José Stilitano, 622. Confira as demais celebrações da semana santa na igreja do Ouro Fino.




.:UBS do Jardim Simus realizará passeata contra a dengue :.

A Unidade Básica de Saúde (UBS), do Jardim Simus, realizará na segunda-feira (04/03), pela manhã, uma passeata pelas ruas do bairro, para alertar os moradores no combate à dengue. Os funcionários da UBS e os integrantes do grupo de caminhada vão levar faixas para orientar, e sacos de lixo para recolher possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue que forem encontrados no percurso, ou que os moradores queiram descartar. Desde o dia 25 de fevereiro, Sorocaba já registrou 170 casos da doença. A unidade fica na Alameda dos Lírios, 327. Mais informações: 3221-1177.




.: Aluno do Jardim Simus ganha bolsa de estudos de entidade que patrocina jovens talentos :.

Até onde a educação pode levar uma pessoa? Para o estudante Pedro Henrique Cardoso Navarro, 15 anos, o conhecimento é tudo! Filho único do casal Hamílton Navarro e Ana Paula Cardoso, ele é o orgulho dos pais. Na escola onde estuda, Pedro é chamado pelos colegas de mini gênio, não sem motivo! Foi um dos 8 alunos selecionados da rede pública de Sorocaba e região, entre 400 candidatos, que ganhou uma bolsa de estudos completa do Ismart: entidade que financia e estimula o desenvolvimento de jovens talentos brasileiros, oferecendo oportunidades que possam transformá-los em profissionais de sucesso, por meio de programas baseados na valorização da excelência, da ética e na criatividade produtiva.
Para conquistar a bolsa, Pedro passou por um processo seletivo com 5 etapas, incluindo provas oral e escrita, entrevistas e dinâmica de grupo. O resultado positivo não surpreendeu a família! Estudar e tirar notas 10, em todas as disciplinas, sempre foi uma rotina na vida do estudante, que adora ler e possui muitos livros em casa.
No ano passado, mais uma conquista! Ele foi um dos 13 adolescentes da cidade que tiveram crônicas publicadas num livro lançado na Bienal, em São Paulo. Detalhe: o concurso literário selecionou as melhores crônicas entre 12 mil alunos de 246 escolas do Brasil.
Atualmente, Pedro está no 1º ano do Ensino Médio no Colégio Uirapuru, onde a mensalidade, o material, o uniforme e a alimentação são financiados pelo Ismart. De segunda, quarta e sexta, ele está na escola das 6h30 às 17h30, e nos demais dias, chega em casa um pouco mais cedo: às 15h30. Muito satisfeito com a conquista da bolsa de estudos, o estudante sonha alto; “pretendo cursar uma universidade pública, o ITA, por exemplo”, afirma. O Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) é uma instituição de ensino superior, com cursos de engenharia, e um dos vestibulares mais difíceis do país. Alguém duvida que ele consiga?



.: Mais de 50 pessoas aprendem sobre Educação Ambiental no Parque Ouro Fino :.
Conhecer os espaços verdes de Sorocaba para aprender e ensinar a preservar a natureza! De 28 a 31 de janeiro, pela manhã, um grupo de mais de 50 pessoas, entre professores e universitários, participaram do curso de educação ambiental para todos: “Os Corredores Verdes e de Biodiversidade da Cidade”. Durante o evento, os participantes aprenderam os fundamentos da educação ambiental, a importância da conservação das áreas verdes do município, licenciamento ambiental e a arborização urbana. As aulas foram realizadas cada dia em um local diferente: no Parque Ouro Fino, na Zona Oeste, Parque Natural Chico Mendes, no futuro Jardim Botânico de Sorocaba, finalizando com uma visita técnica na unidade de conservação do Parque Municipal Natural Corredores de Biodiversidade.
Segundo o chefe da divisão de Educação Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, Rafael Ramos Castelari, o objetivo foi apresentar a essas pessoas os espaços verdes da cidade e que podem ser utilizados para a realização de atividades de educação ambiental.
Aline Borilho Carvalho, de 26 anos, é auxiliar de educação do CEI-78, da Vila Sabiá, e adorou o curso! Ela já tinha participado da edição do ano passado e utilizou o que aprendeu com seus alunos. “Trabalhei na sala de aula com horta, viveiro de muda e a reciclagem. Agora estou pensando em fazer um trabalho legal sobre queimadas com as crianças, pois no bairro há o péssimo costume de atear fogo em entulho e percebo que muitos alunos têm problemas respiratórios. Também quero fazer um plantio de árvores com eles em áreas próximas da nossa unidade. Vou falar com a direção do CEI”, garantiu.


.: Foco Social - Paula Pacheco :.

.: Igreja do Jardim Simus auxilia dependentes e familiares contra vícios :.

Desespero, aflição, ansiedade e muitas famílias destruídas! O vício do álcool, das drogas, do sexo e outras dependências é cada vez mais frequente nas famílias. Quem já enfrentou o problema conhece bem as consequências devastadoras das drogas e dos demais vícios na vida dos dependentes e seus familiares. O pastor Marcel Carvalho, ex-usuário de drogas, há quase 2 anos comanda o grupo de apoio para dependentes químicos e suas famílias, “Celebrando a Recuperação”, na Igreja Batista Independente, que fica na Rua Benedito Ferreira Telles, 639, no Jardim Simus. Todas às sextas-feiras, às 20 horas, as pessoas que tem problemas com vícios e familiares se reúnem em busca de recuperação e tratamento. Segundo o pastor Marcel, as reuniões são baseadas nos 12 passos criados pelo NA (Narcóticos Anônimos), a mais famosa entidade no combate ao vício das drogas. “Eu vivi e enfrentei esse problema dos 14 aos 20 anos. Saí da casa dos meus pais, perdi muitas oportunidades na vida, inclusive a de estudar. Mas encontrei num grupo de recuperação de uma igreja a ajuda para vencer essa doença”, conta Carvalho.
O tratamento por meio das reuniões dura 4 meses: tempo suficiente para que os dependentes químicos passem pelos 12 passos e consigam abandonar o vício. Quando não conseguem, são encaminhados para uma clínica especializada. “Nos encontros, após aprender cada passo, as pessoas falam por 5 minutos cada uma sobre sua motivação para consumir drogas. E os familiares, reunidos em outra sala, também recebem orientação para enfrentar o problema”, conta o pastor.
As reuniões são gratuitas e as pessoas pagam apenas pelo material de apoio. Já a internação em clínica especializada é paga. Segundo Marcel, é fundamental o apoio para as famílias dos dependentes químicos, durante o tratamento. Mais informações, pelo telefone: 3014-1516.


.: Acqua Blue: uma academia familiar há 17 anos em atividade :.

Nossa especialidade: aulas de natação para bebês, crianças, jovens, adultos, idosos e gestantes, principalmente crianças com problemas de respiração com encaminhamento médico. A Academia Acqua Blue possui uma sala de hidroterapia moderna, para atender um paciente por vez, e sessões administradas pela fisioterapeuta Dra. Fabiane Merege. A piscina é toda equipada com duchas, e elevador, para que o paciente com limitações físicas entre e saia com facilidade, sem o auxilio de força física. Possui um aquecimento perfeito e escada lateral. Os banheiros são totalmente adaptados para a comodidade do portador de necessidades especiais. A água da piscina possui um tratamento diferenciado de outras academias, investimos muito na higienização, com bombas especiais e potentes, fazendo a água passar por filtros de areia dia e noite, deixando-a totalmente límpida e sem cloro.
A hidroginástica além de ser uma aula descontraída, proporciona ao aluno resistência e fortalecimento muscular, perda de peso, melhora a capacidade cardiorespiratória, flexibilidade e bem estar em geral, além de segurança em seus exercícios, pois não há impacto e sobrecargas excessivas. Trabalhamos com professores, licenciados e treinados. Pilates na água: somos pioneiros em Sorocaba. É recomendado para quem sofre de lesões ou problemas musculares e necessita perder peso. É uma atividade física de baixo impacto, proporcionando exercícios seguros e livres de sobrecargas indesejáveis.
A ampla sala de musculação foi inaugurada recentemente, com mais de 220m², muita ventilação e aparelhos de última geração, venham conhecer! Veja anúncio na página 10.



.: Espaço Empreendedor :.


Momento é propício para a abertura de empresas

Os números confirmam! Cada vez mais, as pessoas estão transformando sonhos em micro e pequenas empresas. Em Sorocaba, a situação não é diferente! A economia da cidade está em crescimento, o que impulsiona novos negócios. Segundo um levantamento feito pela Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), foram constituídas 7.461 empresas em 2012, número 7,2% maior do que o do ano anterior, quando foram abertas 6.962. Números divulgados pelo Sebrae-SP, com apoio da Fundação Seade, revelam que as micro e pequenas empresas (MPEs) do interior do Estado apresentaram em 2012 o melhor desempenho de crescimento: 10,7% no faturamento em comparação ao mesmo período de 2011.
Para o analista do Sebrae Sorocaba, Eduardo Mantovani, o momento é ideal para a abertura de novos negócios. “Muitas indústrias estão vindo para a região e isso acaba criando outras empresas menores para atender a demanda por serviços, comércio, entre outros”, afirma.
Anselmo Gerdulino há 7 anos trabalha com calhas, mas como autônomo, no bairro do Jardim Simus. Com o crescimento do pequeno negócio, ele sentiu a necessidade de abrir uma empresa e por isso procurou atendimento no escritório do Sebrae. Lá, ele foi encaminhado ao Espaço do Empreendedor para formalizar seu negócio e abrir uma empresa. “Achei o processo muito simples e com a documentação em ordem montei meu comércio na Av. Dr. Américo Figueiredo, 2.651, no Júlio de Mesquita”, conta.
Segundo Mantovani, somente conhecimento não é suficiente para o sucesso do empreendedor. “É preciso também recursos materiais, tecnológicos, humano e financeiro. Não basta somente fazer bem feito, o empreendedor tem que se adaptar a realidade local e cultural, ter capacidade de gerenciamento e planejamento, além de outras características”, disse.


 


.: Garota Enxaqueca :.

Sorolands: cidade ou gaiola dos loucos?

A situação dos moradores do bairro Quintais do Imperador está triste colega! Todo ano eleitoral é a mesma coisa: os políticos passam por lá e prometem o tão sonhado asfalto, que nunca chega! E quando o ônibus do transporte coletivo passa pelas ruas de terra do bairro? Vira um “poeirão” só, e as donas de casa não vencem limpar tanta sujeira. Tem gente que tira terra da casa com uma pá de construção, é mole?
Mas para piorar a situação, quando chega à noite os moradores do mesmo bairro vivem todos como no tempo antigo: sem iluminação pública nas ruas, tudo no escuro. Lá a situação é a seguinte: você come muita poeira e ainda por cima não enxerga nada! Fala sério!
E o Território Jovem do Jardim Ipiranga não fica mais na Zona Oeste, segundo o que foi publicado em um dos principais veículos de comunicação da cidade, o local fica na Zona Norte. Mudaram e nem avisam, que sacanagem! O local foi palco de um encontro de jovens com palestra sobre o uso de drogas. A palestrante disse que as pessoas são dependentes porque precisam de um “brilho extra”. Colega, sai muito mais barato jogar purpurina na cara. Tenho certeza que você vai brilhar muito!
É colega, depois de muito pensar, eu entendi a função dos “amarelinhos”, aqueles caras super bacanas e gentis que ficam nos semáforos das principais avenidas da cidade para orientar o trânsito, pelo menos na teoria. Na verdade, muita gente leva uma bela surpresa: uma multinha que chega em casa pelo correio. Eu acredito que a população sorocabana ficou completamente burra e não sabe mais o que significa as cores no sinal: vermelho, amarelo e verde. E os amarelinhos ficam lá, mesmo com os semáforos ligado, fazendo sinal para seguir ou parar. Já sei, eu acho que eles estão dando uma força para os motoristas que dirigem bêbados, ou então eles pensam que todos os motoristas da cidade são malucos! Será?

Garota Enxaqueca



Dia Mundial da
Conscientização do Autismo



A AMAS, Associação Amigos dos Autistas de Sorocaba, promove no dia 31 de março a 5ª Caminhada pela Conscientização do Autismo, das 8h30 às 10h30, na Usina Cultural Ettori Marangoni. Adquira sua camiseta e participe! E nos dias 6 e 13 de abril, o 2º Encontro do Autismo, das 8h às 17h, no auditório do Hotel Grand Royal, com diversas palestras com a equipe técnica da AMAS. Informações sobre os eventos: 3334-4400.

Denúncias contra a dengue

As Casas do Cidadão recebem denúncias referentes à dengue, desde o dia 25 de fevereiro. Os moradores podem fazer reclamações sobre criadouros do mosquito, das 9h às 16h. Os registros serão encaminhados para a Seção de Controle de Zoonoses. Na Zona Oeste, a Casa do Cidadão fica Rua Estado de Israel, 424, no Jardim Ipiranga. Informações: 3229-2950.

 

.: voltar :.