.: Matérias Jardim Simus Edição Nº 25 :.
 
.: Editorial :.
 
.: Novidades que não param por aqui :.

Com certa dose de orgulho, trazemos aos nossos leitores esta edição do Jornal Bairro em Foco – Jd. Simus & Cia., com mais novidades. Já está se tornando realidade a nossa intenção de a cada novo número nos apresentarmos com conteúdo diferente, sobretudo para acrescentar opções de leitura.
Como a zona oeste é quase uma cidade dentro de Sorocaba, diversos eventos movimentam os bairros. Há ainda que se destacar as pessoas responsáveis por fazer a região crescer. Pensando nisso, um antigo objetivo do jornal se concretiza a partir deste número: temos uma coluna social. E para cumprir essa missão, ninguém melhor do que a Paula Pacheco, que já é contato comercial do jornal e tem perfil exato para a função, já que conhece bem os acontecimentos dos bairros, além de sua facilidade em descobrir as mais curiosas informações sobre as pessoas daqui. O “Foco Social” com a Paula Pacheco é um espaço para o morador e empresário da zona oeste se informar e ser visto. Confira esta primeira edição na página 15.
Outra novidade do Jornal Bairro em Foco é o lançamento do “Guia Comercial Zona Oeste em Foco”, que irá circular no mês de agosto em todos os bairros que já são cobertos pelo jornal. Por ser entregue porta-a-porta, com o diferencial de ser em mãos, certamente este será uma ferramenta de grande utilidade para quem faz sua vida nesta região. Como o guia pretende catalogar em um só produto todas as empresas e serviços da zona oeste, seguramente vai servir como mais um instrumento para que o comércio dos bairros cresça e se desenvolva ainda mais, trazendo benefícios para nossa região. A matéria completa sobre o guia está na página 5.
Além das mais importantes notícias dos bairros e das matérias de utilidade pública e entretenimento, estas são as novidades desta edição do Bairro em Foco. Mas, 2010 ainda reserva outras realizações para a zona oeste e para o jornal. O leitor pode aguardar, pois como sempre fizemos, com muito trabalho e dedicação, temos nos empenhado para levar o melhor conteúdo sobre a vida que nos cerca em nossos bairros. Boa leitura!

Jota Abreu


.: 25 de abril: Dia do Contabilista :.

“É possível ser bem sucedido honestamente”. Com esta frase, o proprietário do Escritório Contábil JKL, João Luiz Loureiro de Mello define sua vida profissional, há 45 anos como contabilista. Profissão que comemora o seu dia em 25 de abril.
Depois de ter sido engraxate e entregador de jornal, João Luiz ingressou em 1965 no Escritório Paula Santos, ainda na rua Carlos Gomes, como funcionário. Aperfeiçoou-se no emprego e em 1969 se mudou para Salto de Pirapora, onde ingressou na área contábil de outra empresa como prestador de serviço. Se formou técnico em contabilidade em 73 e bacharel em Ciências Contábeis em 1979. Evoluindo na profissão, teve liberdade para trabalhar e foi conquistando outros clientes. Quando a sociedade que mantinha o negócio em Salto de Pirapora se dissolveu, João Luiz voltou para Sorocaba e montou seu próprio escritório na Avenida General Carneiro, em 1984. Em 1992, houve a mudança para o atual endereço no Jd. Simus.
A data do Dia do Contabilista foi criada em 1926 por João Lyra de Tavares, ex-senador e patrono da profissão, mas oficializada apenas em 1979.
Segundo João Luiz, a importância da profissão está em apresentar opções de benefícios e isenções ao seu cliente, além de alertar sobre possíveis irregularidades. “Às vezes a empresa realiza transações sem fazer planejamento tributário, e pode vir a ter muitos prejuízos”, explica. Ele conta que é imprescindível que o contabilista trabalhe com ética: “O sigilo das informações é indispensável”.
Católico praticante, João faz questão de ressaltar o tema da Campanha da Fraternidade de 2010: Economia e Vida, com o lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” (Mt. 6,24). Segundo ele, é necessário haver consciência da importância do planejamento financeiro para reduzir as desigualdades sociais. “A mudança está nas pessoas. É preciso um gesto concreto”, afirma.
O Escritório Contábil JKL trabalha com abertura, transferência e encerramento de empresas, escrita fiscal, imposto de renda e consultoria personalizada. O endereço é rua Benedito Ferreira Telles, 644, no Jd. Simus. Informações pelos telefones: 3222.1107 ou 3222.2708.


.: Doação de óleo de cozinha ajuda entidade :.

A Sociedade Amigos de Bairro do Jardim Simus prossegue a arrecadação de óleo de cozinha, para a confecção de sabão ecológico, realizado pelo Instituto de Educação Sócio-Ambiental (Iesa), mantenedor do Centro de Orientação Social (Coeso) que cuida de um grande número de crianças carentes.
Cleonice Vieira, presidente da SAB, agradece a colaboração de todos que doaram e também aqueles que estão adquirindo o sabão. A venda está sendo feita na Comunidade Nossa Senhora do Desterro, Av. Américo de Figueiredo e na residência da presidente da SAB, na Alameda das Catléas, 704, Cidade Jardim. Os dois lugares também são postos de coleta do óleo usado, além da Paróquia do Divino Espirito Santo, no Largo do Divino.



.: Guia “Zona Oeste em Foco” será distribuído em agosto com 40 mil exemplares :.

Com circulação para o mês de agosto, o jornal Bairro em Foco lança o “Guia Zona Oeste em Foco”, o mais completo catálogo de empresas e negócios, que, além da distribuição porta a porta, como já é feita com o jornal, terá o diferencial de ser entregue em mãos, nos 30 bairros cobertos pelo jornal.
“É uma proposta ousada que vai gerar novas oportunidades para empresários e moradores”, afirma Marcos Tadeu Stachewski, proprietário do jornal. Nos últimos anos, a Zona Oeste tem apresentado desenvolvimento significativo em relação à cidade, e com isso vem a necessidade de uma estrutura que sustente o porte alcançado. Os moradores e empresários destes bairros, cada vez mais investem para não haver necessidade de deslocamento até o centro de Sorocaba para a realização de negócios dos mais variados gêneros. “Com todo o progresso, já era hora de catalogar e unir em um só produto, as mais importantes empresas e prestadores de serviços localizadas nesta região e também aquelas que estão em outros bairros, mas têm em grande parte de seus clientes, moradores da zona oeste da cidade”, explica Stachewski. Por ser o mais tradicional e abrangente veículo de comunicação direcionado à Zona Oeste, o jornal Bairro em Foco se mostra apto a realizar esta tarefa, devido à sua credibilidade de 6 anos no mercado e à garantia da tiragem e da entrega.
O “Guia Zona Oeste em Foco” irá trazer diversos ramos de negócio, com a finalidade de facilitar o acesso do público a serviços próximos e de boa qualidade, e também oferecer ao empreendedor a possibilidade de ser visto pelo seu público direcionado. “Nossa intenção é listar todas as empresas e prestadores de serviços existentes na Zona Oeste, apresentando opções para o morador escolher onde consumir”, detalha o empresário.
A distribuição será em cada residência e comércio de maneira personalizada. Nos apartamentos onde já é feita a entrega de porta a porta do jornal, será da mesma forma. Em alguns conjuntos de apartamentos, onde não é permitida a entrada da equipe, os guias serão etiquetados e entregues ao responsável pelo condomínio.
A equipe comercial que já está nas ruas divulgando a nova proposta, é composta por Hernani Kiko, Paula Pacheco, além do próprio Marcos Tadeu. “Ninguém pode ficar de fora, afinal de contas o guia servirá de consulta durante o ano todo”, ressalta.
Para conhecer mais sobre o “Guia Zona Oeste em Foco”, basta entrar em contato com o departamento comercial através dos telefones 2104.4133, 3013.1331 ou 3012.7246.

 

.: Bolsa Família recadastra cartões com final 3 :.

A Secretaria da Cidadania (Secid) está recadastrando os cartões do Programa Bolsa Família de final 3. A atualização dos dados deve ser feita na Secretaria da Cidadania, na Rua Santa Cruz, nº 116, no Centro, das 8h às 16h.
O prazo termina em 31 de março e a orientação é para não deixar o recadastramento para última hora, evitando longas filas, como aconteceu em fevereiro. “É importante fazer isso para continuar recebendo o benefício do programa do Governo Federal”, destaca a secretária Mazé Lima.
Para isso, além do cartão benefício, é necessário apresentar documentos de todos os componentes da família que moram no mesmo endereço: RG, CPF, título de eleitor, carteira profissional, certidão de nascimento de filhos menores, declaração de frequência escolar do ano vigente, comprovante de endereço atual e a carteira de vacinação dos filhos em dia. Mais informações pelo telefone (15) 3219.1929.




.: AMAS realiza 2ª Caminhada em Prol do Autismo :.

Um dos muitos problemas enfrentados pela AMAS (Associação Amigos dos Autistas de Sorocaba) é a dificuldade em divulgar o autismo. A diretora Jeane Collaço Pereira diz que muitas pessoas não sabem o que é autismo, o que dificulta bastante o trabalho.
Para despertar a atenção sobre o assunto, a AMAS realizará no dia 11 de abril a “2ª Caminhada para Conscientização do Autismo” lembrando o Dia Mundial do Autismo, celebrado em 2 de abril. O evento acontece na pista de caminhada do Parque Campolim, das 8h30 às 10h30.
Quem desejar participar, deverá usar uma camiseta desenvolvida para a ocasião e que está à disposição na Instituição pelo valor de R$ 18,00.
Importante lembrar que as maiores dificuldades da associação são de ordem financeira, uma vez que a manutenção é feita através de doações e eventos.
A AMAS fica na Rua Nova Odessa, 201, Jd Vera Cruz. Mais informações pelos telefones: 3217.8074 ou 3222.4646, e também no site www.amas.com.br.


.: O que é a síndrome do respirador bucal :.

A Síndrome da Respiração Bucal (SRB) ocorre quando a pessoa mais respira pela boca do que pelo nariz. Ela fragiliza as vias respiratórias e compromete o desempenho escolar, pois seus portadores podem tornar-se desatentos, apáticos ou agitados. É fundamental a identificação na fase infantil, para minimizar as consequências dessa inversão, que poderão influenciar na qualidade do sono, na capacidade física, no equilíbrio, na qualidade de vida e na saúde de uma forma geral.
Leia e responda as questões a seguir para saber se seu filho(a) é um possível respirador bucal: Usa/usou chupeta e/ou mamadeira acima de 24 meses? Mastiga de boca aberta? Ronca?  Tem sono agitado? Baba ao dormir? Tem/teve dificuldade de pronunciar sons ou palavras após os 4 anos? Tem voz rouca? Tem crises frequentes de garganta, ouvido ou nariz? Tem dentes mal posicionados? Tem olheiras? É agitado, desatento ou irritado? Tem fôlego curto? É sonolento?
Se respondeu SIM a alguma dessas perguntas, FIQUE ATENTO! Seu filho(a) é um possível respirador bucal.
Respiração é coisa séria. O ato de respirar deve ser encarado como função vital englobando diversos problemas quando realizado de maneira incorreta. A respiração bucal é de fácil diagnóstico e deve ser tratada para não acarretar sérias consequências.

Tratamento
O tratamento desta síndrome será bem-sucedido quanto mais cedo for realizado. O paciente deve ser submetido à reeducação da respiração e à readaptação da musculatura, para que o problema não persista.
O tratamento deve ser multidisciplinar, com acompanhamento de profissionais especializados: otorrinolaringologista, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, ortodontista e odontopediatra. Cada um com uma função, o que possibilitará bom resultado final, atuando entre si com o objetivo de normalizar as funções.
Características de quem respira pela boca: lábios afastados, o inferior geralmente flácido e os lábios não se tocam; come e respira pela boca ao mesmo tempo; mastiga pouco e apressado ao comer; língua entre ou sobre os dentes; pronuncia o S e o Z de maneira distorcida e projeta a língua nos T, D, N e L; ronca e pode babar excessivamente ao dormir; sempre cansado pela manhã; lábios secos e rachados; são “barrigudinhos”, porque ganham peso devido à má mastigação e também porque apresentam alteração na postura corporal - lordose.

Dra. Erika Cómitre Vieira - Odontopediatra
CROSP- 66394
Consultório Odontológico Dr. Edilson Jorge Valente
Av. Dr. Américo Figueiredo, 575 - Jd. Simus

.: Noivas do casamento comunitário podem ganhar aluguel do vestido :.

A loja “Raio de Sol Noivas”, no Júlio de Mesquita, está com uma promoção imperdível para as noivas que vão participar do casamento comunitário da Prefeitura de Sorocaba. A cada cinco aluguéis de noivas comprovadamente inscritas no evento, uma será sorteada e ganhará o aluguel. Para isso, basta fechar o contrato de locação na loja.
Persistência e coragem marcam a trajetória da loja. Irailde Borges da Cruz trabalhou como costureira de uma empresa de aluguel de trajes festivos, até surgir a vontade de abrir o próprio negócio, há 5 anos e meio. Ela conta que viu um anúncio no jornal, de uma mulher que desejava vender todas as roupas de um antigo negócio. Demonstrando interesse, porém sem recursos, Irailde sugeriu arrendar o material e o negócio foi fechado.
Durante 6 meses, funcionou nos fundos de sua casa. Foi quando surgiu a oportunidade de alugar um pequeno salão na rua Eduardo Donizette Unruh. Irailde entrou em um dilema, pois o valor do aluguel se somaria ao arrendamento e aumentaria seus gastos. Mesmo assim, ela investiu e acreditou que poderia impulsionar o negócio. Deu certo. “Um dos segredos foi investir em propaganda no jornal”, revela.
Fazendo o que gosta, Irailde ousou um pouco mais. Em 2005, ela adquiriu grande quantidade de novas roupas. E há 2 anos e meio se mudou para um salão maior, na mesma rua. “Foi difícil, mas consegui”, comemora.
A “Raio de Sol Noivas” oferece tudo para o casamento. Trajes para noivas, noivos, padrinhos, convidados, além de acessórios, calçados, convites, decoração e até locação de carro. “A noiva sai daqui direto para a cerimônia”, garante Irailde. A loja fica na rua Eduardo Donizette Unruh, número 609, salão 3, no Júlio de Mesquita. Os telefones são 3016.7694 ou 9107.7630. O site da loja é www.raiodesolnoivas.com.br.

.: Luiz Pádua lança livro polêmico sobre “Os Poderosos” :.

O escritor Luiz de Carvalho Pádua, morador do Jd. São Paulo, está lançando o livro “Os Poderosos”. Nesta obra, o autor questiona: como enriquecem políticos, donos de igrejas protestantes, organizações assistenciais? Como acontecem as “curas divinas” nas igrejas Evangélicas? Como acabar com as drogas, pedófilos e jovens viciados? Luiz Pádua afirma que analisa as “circunstâncias desfavoráveis em que vivemos cercados pelo escárnio de gente inescrupulosa e aproveitadora”.
“Os Poderosos” é um livro de temas polêmicos e controversos, dos quais o leitor poderá tirar suas próprias conclusões. Fatos que seriam desconhecidos por muitos, são vistos sobremaneira pelo autor que penetra no mundo misterioso com coragem e audácia, batendo de frente com verdadeiras armadilhas preparadas pelo que ele considera enganadores profissionais do nosso meio como algumas religiões, médicos, políticos, instituições filantrópicas, etc.
Luiz Pádua, além de escritor, também é colaborador de vários jornais. Já publicou quase uma dezena de livros e é conhecido pela diversidade de temas que aborda. Para adquirir “Os Poderosos” ou qualquer outra obra do autor, basta entrar em contato através dos e-mails: lucapad@terra.com.br e escritorluizpadua@gmail.com. ou pelo telefone 3411.4080.


.: Aluna do Kumon é aprovada em medicina :.

Ex-aluna do Kumon, Luciane do Nascimento Américo, moradora do Jd. Europa, é a mais nova aprovada no curso de Medicina da Universidade Anhembi. A estudante de 22 anos se preparou durante 8 meses na disciplina de matemática e conseguiu o ingresso no tão desejado curso.
Ela aderiu ao método na unidade do Jd. Magnólia. “Ter feito Kumon foi uma experiência que só somou na minha vida”, revela. Ela explica que se sentiu mais segura durante a prova. “Além de aumentar meu conhecimento em matemática, o Kumon também desenvolveu meu raciocínio no geral, fazendo com que eu ficasse mais confiante na hora do vestibular”, afirma.
O Kumon é um método de ensino de origem japonesa, que visa acelerar o aprendizado através de uma rotina de exercícios individuais em disciplinas como português, matemática, japonês e inglês.
Satisfeita, Luciane agradece pela existência do Kumon. “Hoje como estudante de medicina, posso dizer que o curso valeu a pena, e foi um dos fatores que somaram para eu chegar até aqui. Obrigada Kumon!”, encerra.



.: Voltam as aulas de Jiu-Jitsu e Futebol no Centro Esportivo :.

O Centro Esportivo do Jd. Simus já retornou com as aulas de Jiu-Jitsu e Futebol, com o professor Alberto Ferreira da Costa, o Beto, técnico de esportes da Prefeitura de Sorocaba. Para participar, as inscrições estão abertas.
Para o futebol, entre 8 e 16 anos, as aulas são às quartas e sextas-feiras pela manhã. Dos 12 aos 16 anos, as atividades são às terças e quintas-feiras, durante a tarde.
Já o Jiu-Jitsu não tem limite de idade, mas os grupos são organizados de acordo com a faixa etária. Às terças e quintas-feiras as aulas ocorrem das 14h às 15h30. Às quartas e sextas, das 14h às 17h. O professor incluiu nas aulas noções de Submission, um estilo do Jiu-Jitsu que não utiliza kimono, além de trabalhar condicionamento físico.
Para se inscrever, é necessário apenas fazer a carteirinha do Centro Esportivo, levando 2 fotos, RG ou Certidão de Nascimento original e comprovante de endereço. Os menores de 18 anos precisam comparecer ao lado dos responsáveis.


.: Cancha de bocha é reformada no CE Jardim Simus :.

A cancha de bocha nº2 do Centro Esportivo do Jardim Simus foi reformada pela Prefeitura Municipal de Sorocaba, através de sua Secretaria de Esportes e Lazer. A obra revitalizou e corrigiu desníveis até então existentes na cancha.
Durante a reinauguração da cancha, em 21 de fevereiro, frequentadores e jogadores da Equipe do Simus, além de apreciadores e torcedores do jogo de bocha acompanharam uma partida entre os dois jogadores mais idosos de Sorocaba, José Navarro Garcia com 83 anos e Pedro Pauli com 82, vencedor do Prêmio Destaque do Esporte, do Panathlon Club de Sorocaba, na categoria bocha.
Quem também esteve presente na entrega da revitalização foi o presidente da Liga Sorocabana de Bocha, Célio Martins. Ele afirma que a reforma foi aprovada pelos frequentadores. “Agora aguardamos que se faça o mesmo com a cancha nº 1, finalizando um bonito trabalho para a bocha de Sorocaba”, diz.
A cancha receberá jogos de campeonatos regionais, estaduais e nacionais, bem como a todos frequentadores do Centro Esportivo. “Agradecemos à Prefeitura de Sorocaba, à Secretaria de Esporte, aos funcionários do Centro Esportivo e à Liga de Bocha de Sorocaba”, encerra o presidente.

.: Sorocaba leva delegação para Jogos do Idoso em Avaré :.
Entre os dias 24 e 28 de março, Sorocaba participa dos XIV Jogos Regionais do Idoso (JORI) que acontece na cidade de Avaré. Esta etapa classifica os três primeiros colocados de cada modalidade para os Jogos Estaduais do Idoso (JEI) que acontecerão em Guarujá de 26 a 30 de maio. A equipe sorocabana está treinando nas diversas modalidades no Centro Esportivo do Jardim Simus.
São treze modalidades, e Sorocaba irá levar competidores em todas elas: Atletismo, Bocha, Buraco, Coreografia, Damas, Dança de Salão, Dominó, Malha, Natação, Truco, Vôlei Adaptado, Xadrez e Tênis de Mesa Adaptado.
O professor Cláudio Roberto Cardoso, chefe da delegação sorocabana, explica que a cidade deve levar cerca de 90 pessoas para a competição.
Para participar dos jogos é preciso frequentar as atividades no Centro Esportivo do Jd. Simus, de terça a sexta a partir das 9h. A única exigência é apresentar um exame médico atestando aptidão para realizar exercícios físicos e fazer a carteirinha do CE. Tudo gratuito.


.: Sorocaba leva delegação para Jogos do Idoso em Avaré :.
Entre os dias 24 e 28 de março, Sorocaba participa dos XIV Jogos Regionais do Idoso (JORI) que acontece na cidade de Avaré. Esta etapa classifica os três primeiros colocados de cada modalidade para os Jogos Estaduais do Idoso (JEI) que acontecerão em Guarujá de 26 a 30 de maio. A equipe sorocabana está treinando nas diversas modalidades no Centro Esportivo do Jardim Simus.
São treze modalidades, e Sorocaba irá levar competidores em todas elas: Atletismo, Bocha, Buraco, Coreografia, Damas, Dança de Salão, Dominó, Malha, Natação, Truco, Vôlei Adaptado, Xadrez e Tênis de Mesa Adaptado.
O professor Cláudio Roberto Cardoso, chefe da delegação sorocabana, explica que a cidade deve levar cerca de 90 pessoas para a competição.
Para participar dos jogos é preciso frequentar as atividades no Centro Esportivo do Jd. Simus, de terça a sexta a partir das 9h. A única exigência é apresentar um exame médico atestando aptidão para realizar exercícios físicos e fazer a carteirinha do CE. Tudo gratuito.


.: Sorocaba leva delegação para Jogos do Idoso em Avaré :.
Entre os dias 24 e 28 de março, Sorocaba participa dos XIV Jogos Regionais do Idoso (JORI) que acontece na cidade de Avaré. Esta etapa classifica os três primeiros colocados de cada modalidade para os Jogos Estaduais do Idoso (JEI) que acontecerão em Guarujá de 26 a 30 de maio. A equipe sorocabana está treinando nas diversas modalidades no Centro Esportivo do Jardim Simus.
São treze modalidades, e Sorocaba irá levar competidores em todas elas: Atletismo, Bocha, Buraco, Coreografia, Damas, Dança de Salão, Dominó, Malha, Natação, Truco, Vôlei Adaptado, Xadrez e Tênis de Mesa Adaptado.
O professor Cláudio Roberto Cardoso, chefe da delegação sorocabana, explica que a cidade deve levar cerca de 90 pessoas para a competição.
Para participar dos jogos é preciso frequentar as atividades no Centro Esportivo do Jd. Simus, de terça a sexta a partir das 9h. A única exigência é apresentar um exame médico atestando aptidão para realizar exercícios físicos e fazer a carteirinha do CE. Tudo gratuito.


.: Musicalização Infantil ajuda no desenvolvimento de crianças :.
Quem não gosta de uma boa música? Até os bebês balançam seus corpinhos ao ouvir uma melodia. E isso pode ser útil para toda a vida dos pequeninos. A Opus Escola Livre de Música agora também está oferecendo aulas de Musicalização Infantil.
A professora Maéli Keles Hessel explica que o aprendizado serve para ampliar a sensibilidade musical da criança, além desenvolver a imaginação, criatividade, expressão, autoconfiança, autoestima, disciplina e respeito ao próximo. Tudo isso através de brincadeiras vocais, manuais, cantigas de roda, entre outras atividades que colaboram para descobrir e produzir sons. “Usamos algumas histórias com sons de animais, por exemplo. As crianças reproduzem com a voz e em seguida vamos encontrar instrumentos que tenham sons semelhantes”, explica. Segundo ela, esse tipo de exercício educa a criança para aprender a ouvir e dar atenção ao que ouve. No caso do gosto musical, isso vai se traduzir em uma escolha mais prudente, de acordo com o próprio critério.
Outro benefício da musicalização, conforme conta a professora, é para crianças indisciplinadas. Na música cada um terá o seu papel, para que todos formem o conjunto harmonioso. “A criança assimila que cada um tem seu momento”, detalha. Com trabalhos de memorização e raciocínio, a musicalização ajuda crianças tímidas e até hiperativas. “É uma forma de expressar e extravasar a criatividade que está dentro delas”, revela. Também é trabalhada a reciclagem para confecção de instrumentos.
Maéli é formada em violino, e quando começou a ter alunos menores de 8 anos notou que era necessária uma didática especial para crianças. “É preciso, além de conhecimento musical, saber trabalhar com as crianças, compreender suas dificuldades e valorizar suas habilidades”, explica. Por isso, a professora especializou-se em Musicalização Infantil em Jundiaí. “Hoje estou realizada em trabalhar com crianças”, afirma. 
As aulas estão acontecendo às sextas-feiras, das 17h às 18h. Mas novas turmas e horários serão formados de acordo com a demanda. Mais informações pelos telefones 3202.2888 ou 2104.3638. A Opus fica na rua Benedito C. Franco, nº 42, Jd. São Paulo.


.: FOCO SOCIAL - PAULA PACHECO :.


.: Exemplo de dedicação, irmãos oferecem curso de marcenaria em Iperó :.

Ao procurar um curso para se aperfeiçoar no ofício da marcenaria, o empresário Maurício Gonzalez do Jd. Simus encontrou em Iperó dois irmãos de história, no mínimo, curiosa. Dos 83 anos de Dirceu Escolástico, e 72 de seu irmão Armando Escolástico, grande parte foi vivida trabalhando com marcenaria. Dirceu projetando máquinas e Armando confeccionando móveis. O primeiro começou aos 6 anos, já o segundo, aos 11, ambos na marcenaria do pai, que os inspira até hoje. “Ele era talentoso e me ensinou muito. Mas depois o superei e ele veio trabalhar para mim”, brinca Dirceu.
Em 1949, com 22 anos, o mais velho fez seu primeiro projeto de desempenadeira manual, da qual segundo conta, dividiu a patente com um fiscal da receita federal que a vendeu para a marca Makita e nunca mais apareceu.
Já Armando lembra de seu início como marceneiro, cumprindo desafios acima do normal. “Enquanto os principiantes estreavam fazendo mesa, eu já parti para o criado-mudo que era mais complicado”, se orgulha.
O irmão mais novo teve problemas de saúde e está um pouco debilitado, o que não o impede de prosseguir trabalhando em encomendas de móveis infantis. Já Dirceu, impressiona pela vitalidade. Bem humorado, disposto, lúcido e sobretudo muito criativo, ele mostra todas as suas incontáveis máquinas que ocupam o espaço da oficina e também da casa. Algumas com mais de 30 anos. “Faço tudo. Só os motores que compro prontos”, garante. Além dos projetos, Dirceu também é apaixonado por motocicletas: “Mas eu só chego a 120km/h”.
Os projetos de Dirceu privilegiam a multifuncionalidade. Uma das obras que mais o orgulham, é a Marcenaria Conjugada, que une diversas máquinas de marcenaria em uma só. Segundo Maurício, que trabalha com restauração de móveis, a máquina é perfeita, pois não tem trepidação. “No mercado não existe similar. Tem que comprar separado. E ainda assim, não têm a mesma estabilidade”, afirma.
Agora os irmãos estão oferecendo curso de marcenaria. “Por mim, a pessoa sai daqui sabendo tudo”, diz Dirceu. Os irmãos atendem em Iperó de segunda à sexta das 8h às 10h, das 14h às 17h e das 19h às 22h. Mais informações pelo telefone (15) 3266.2373.


.: CS Jd. Simus vacina contra Febre Amarela e H1N1 :.

O Centro de Saúde do Jardim Simus será um dos postos da Campanha de Vacinação contra a Influenza Pandêmica, a gripe H1N1. O cronograma prevê imunização prioritária dos grupos de risco, baseado nos casos ocorridos o ano passado. Confira as etapas:
- 1ª etapa - de 8 a 19 de março: Trabalhadores de Saúde (envolvidos diretamente na pandemia) e Indígenas.
- 2ª etapa – de 22 de março a 2 de abril: Crianças (de 6 meses a 1 ano, 11 meses e 29 dias) e Pacientes com doenças crônicas.
- 2ª a 5ª etapa – de 22 de março a 21 de maio: Gestantes
- 3ª etapa – de 5 a 23 de abril: Adultos entre 20 e 29 anos
- 4ª etapa – de 24 de abril a 7 de maio: Pessoas com 60 anos ou mais com doença crônica
- 5ª etapa – de 10 de maio a 21 de maio: Adultos entre 30 e 39 anos.

Febre amarela

Pessoas que vão viajar para zonas de risco de contrair febre amarela, como Nordeste, Centro-Oeste e Sudoeste de São Paulo (região de Capão Bonito e Itapeva) devem ser vacinadas. Para isso, o CS do Jd. Simus está atendendo às quintas-feiras, das 13h às 19h. Segundo a direção da unidade é muito importante lembrar que esta vacina não pode ser tomada duas vezes num intervalo menor de 10 anos, sob risco de morte. Mais informações sobre vacinação pelos telefones 3221.1177 ou 3202.6845.

.: Ciclo de palestras gratuitas aborda alimentação, saúde e beleza :.
A nutricionista Maria Francisca da Silva está promovendo durante março e abril o ciclo de palestras gratuitas chamado: “Alimentação, saúde e beleza”. Os temas são “Alimentação X Nutrição: O caminho para uma vida saudável” (24/03), “Quando o chocolate faz bem à saúde?” (26/03), “Maus hábitos alimentares podem afetar a pele, cabelo, unhas e a celulite?” (31/03), “Como Iniciar o Envelhecimento Saudável? Água: você sabe quanto, quando e como beber, e o que ela representa para sua saúde?” (07/04), “Açúcar e adoçante são prejudiciais à saúde? Adoçantes engordam?” (09/04). Em todas as datas são sempre três opções de horários: às 9h30, às 14h ou às 16h.
Todas as palestras serão na Rua da Penha, 950, Centro. É importante reservar a vaga com antecedência. Mais informações pelos telefones 3217.3834 ou 9107.4335ou pelo e-mail: mfransilva@hotmail.com.


 

Leitora Anônima. Olá, Cris. Tenho 26 anos, estou em uma situação complicada. Me separei faz uns 10 meses, pois ele quis se separar porque estava gostando de outra pessoa. Depois de 2 meses, arrependido, me procurou pedindo para voltar. Só que eu, achando que isso não iria acontecer, me envolvi com outra pessoa. Quando ele voltou fiquei confusa. Não sei mais de quem gosto, faço comparações entre os dois e não consigo tomar uma decisão. Mas sei que se não fizer isso, ficarei sozinha, o que está me fazendo sofrer muito. Quando decido ficar com um, sinto falta do outro, pois são completamente diferentes. Tenho um filho com meu ex-marido, e talvez por esse motivo não consiga esquecê-lo de vez. Me ajuda, não sei o que faço. Às vezes parece que vou enlouquecer.

Olá. Vejo que você está vivendo uma situação intensa com uma explosão de acontecimentos em um intervalo de tempo curto, é natural estar tão confusa. Por mais difícil que isto possa parecer, o momento exige calma e reflexão. Seu organismo precisa de um tempo para se recuperar, colocar as coisas em ordem.
Imagino o quanto estava carente e confusa após a separação. Apesar disso, você conseguiu ser uma pessoa agradável. Mesmo frustrada com o término do casamento, conquistou o carinho de outra pessoa. Contudo, se entregar por inteiro a esta nova relação não é tarefa fácil. Você ainda não elaborou o luto da relação anterior e ninguém se recupera de um dia para o outro. Consolidar esta nova relação exigirá mesmo algum tempo.
Por outro lado, acredito que as pessoas mereçam sim uma segunda chance. Entretanto, o perdão deve ser conquistado, e não adquirido de graça. Para que esse tipo de comportamento de desrespeito ao seu sentimento não se repita e vocês não acabem entrando em um efeito ioiô de vai e volta quando ele quiser e bem entender. Um casamento envolve inúmeras variáveis e devemos levar todas em consideração. Errar é humano, entretanto é preciso observar quantos erros ele já cometeu, considerando que para tudo deve haver um limite.
Entendo o quanto está aflita, porém, mais importante que escolher entre um ou outro é se fortalecer, aprender novas habilidades para ser independente e aprender a amar a si mesma. Lembre-se que o companheiro deve ser um complemento para sua felicidade. Dê um tempo para seus sentimentos se organizarem respeitando suas próprias limitações. Tente não exigir tanto de si mesma para não se torturar. Você não merece isso!
Como está em dúvida de qual dos dois gosta mais, leve em consideração o respeito que cada um demonstra por você e o quanto cada um é sensível ao que você sente. O segredo está em observar os pequenos detalhes, os gestos mais sutis, e a partir disso avaliar qual dos dois a faz mais feliz. Se estiver difícil demais, talvez seja necessário pedir ajuda profissional.

Dra. Christiane M. T. Araújo
Av. Américo Figueiredo, 454, Jd. Simus
Fone: 3221.7106 / 3018.1180

.: Pensamentos do Jota :.

No blog que criei para reunir todos os textos desta coluna (www.pensamentosdojota.blogspot.com) alguns leitores já se manifestaram contra a abordagem de temas polêmicos, sob a alegação de estar dando destaque para quem não merece. Mas, encaro o tema deste texto como uma denúncia importante para conscientização.
Às vezes você se ausenta do trabalho? Se sim, provavelmente não é remunerado pelos dias nos quais não trabalha, certo? Não tão certo assim, se você for deputado ou senador. E pior, exercendo um desses cargos, você nem precisa tirar férias para deixar de trabalhar e mesmo assim continuar recebendo.
Entre os meses de julho e outubro, senadores e deputados federais que forem disputar um cargo eletivo ou apoiar algum candidato quase não vão sequer ver a cor do Congresso por conta das eleições, e pasmem, continuam recebendo normalmente salários e benefícios. Este período recebe o nome de “recesso branco”, quando não há votações em plenário ou nas comissões. A presença não é obrigatória e, portanto evita descontos nos rendimentos dos parlamentares.
Para não ficar muito feio, inventaram algo chamado de “esforço concentrado” que dura uma semana em agosto e outra em setembro. Parece que em anos anteriores, esses dias não fizeram diferença nenhuma, já que deputados e senadores, mesmo tendo que trabalhar, estão mais interessados nas eleições, fazendo com que alguns deles sequer retornem à Brasília. Votações durante esse período? Nenhuma.
Os gastos dos parlamentares em ano eleitoral são exatamente os mesmos de outros anos, mesmo que eles não compareçam ao plenário durante 4 meses.
É certo que vários destes senadores e deputados não foram criadores dessa determinação de poder não trabalhar, mas receber. Entretanto seria uma questão de moral lutar para mudar isso (eles têm o poder) ou, no mínimo, devolver a grana aos cofres públicos. Como cidadão, já mandei minha solicitação a alguns dos parlamentares através dos e-mails disponíveis nos sites www.senado.gov.br e www.camara.gov.br. Que tal fazer sua parte também? Cidadania não é só apertar botõezinhos no dia das eleições. E coragem faz parte de uma sociedade mais politizada e consciente. Junte-se a mim!

www.pensamentosdojota.blogspot.com


.: voltar :.