.: Matérias Julio de Mesquita 27 :.
 
.: Editorial :.

 

Novidades que não param por aqui

Com certa dose de orgulho, trazemos aos nossos leitores esta edição do Jornal Bairro em Foco – Júlio de Mesquita & Cia., com mais novidades. Já está se tornando realidade a nossa intenção de a cada novo número nos apresentarmos com conteúdo diferente, sobretudo para acrescentar opções de leitura.
Como a zona oeste é quase uma cidade dentro de Sorocaba, diversos eventos movimentam os bairros. Há ainda que se destacar as pessoas responsáveis por fazer a região crescer. Pensando nisso, um antigo objetivo do jornal se concretiza a partir deste número: temos uma coluna social. E para cumprir essa missão, ninguém melhor do que a Paula Pacheco, que já é contato comercial do jornal e tem perfil exato para a função, já que conhece bem os acontecimentos dos bairros, além de sua facilidade em descobrir as mais curiosas informações sobre as pessoas daqui. O “Foco Social” com a Paula Pacheco é um espaço para o morador e empresário da zona oeste se informar e ser visto. Confira esta primeira edição na página 15.
É importante ressaltar mais uma vez o caráter social do Bairro em Foco, servindo de instrumento para divulgação de ações que promovam em vez de destruir. Para que essas informações cheguem a mais pessoas, novamente aumentamos a tiragem do jornal, desta vez para 9 mil exemplares nas regiões do Júlio de Mesquita e do Wanel Ville. Com isso, de 40 mil, passamos para 41 mil exemplares, nos 5 jornais produzidos.
Além das mais importantes notícias dos bairros e das matérias de utilidade pública e entretenimento, estas são as novidades desta edição do Bairro em Foco. Mas, 2010 ainda reserva outras realizações para a zona oeste e para o jornal. O leitor pode aguardar, pois como sempre fizemos, com muito trabalho e dedicação, temos nos empenhado para levar o melhor conteúdo sobre a vida que nos cerca em nossos bairros. Boa leitura!

Jota Abreu

 

.: Equipe do Júlio de Mesquita é campeã regional de Judô :.

A equipe de Judô da Associação Desportiva Bandeirantes Sorocaba obteve o título de campeã geral do Campeonato Regional de Judô da cidade de Itapetininga, no domingo 25 de abril, organizado pela Federação Paulista de Judô. A Associação Bandeirantes tem sede no Júlio de Mesquita.
A competição tinha 450 judocas da região. A Bandeirantes participou com 41 atletas, sendo que 24 se classificaram para participar da Fase Estadual do Interior, no dia 16 de maio na cidade de Registro.Confira a classificação:
Campeões categoria infantil: Vivian Shimoda, Matheus Justino, Bárbara Maria, Juliana Aparecida Assis e Geovana Hoffmann. Vice-campeões: João Vitor Santos e Gabriel Vaz. Terceiros colocados: Brendo Terci.
Campeão categoria infanto-juvenil: Lucas Ferreira Dias. Vice-campeões: Yuri Mateus, Andrei Scavarielo, Juliana Beatris e Lucas Eduardo. Terceiros colocados: Victor Gilberto, Vinicius Romani, Adlan Peopise e Caio Barca.
Campeã categoria pré-juvenil: Fernanda dos Santos Almeida. Terceiro colocado: Francisco Jorge.
Campeão categoria juvenil: Gabriel Souza.
Campeãs categoria Junior: Laurem Mascarenhas e Anne Caroline. Vice–campeã: Raiane Mendes. Terceira colocada: Daniele de Toledo.
A classificação final por equipe foi a seguinte: Campeã com 79 pontos, Associação Desportiva Bandeirantes Sorocaba. Segundo lugar com 55 pontos, Judô Clube Itararé. Terceiro lugar com 49 pontos, Clube Atlético Taboão da Serra. Quarto colocado com 42 pontos, Apajusvo Votorantim. Quinto colocado Judô na Faixa de Sorocaba.

.: Júlio de Mesquita, Santa Bárbara e adjacências têm seis casos de dengue :.

O surto de dengue registrado em Sorocaba em 2010 tem apresentado uma média semanal de 26 casos, mas que vem caindo a cada semana. O balanço com a análise epidemiológica do surto foi divulgado na última segunda-feira (03), com dados acumulados desde o início do ano até 30 de abril, quando terminou a semana nº 17.
Até esta data foram registradas 6 ocorrências confirmadas na região do Júlio de Mesquita, Jd. Santa Bárbara, Jd. Montreal e Condomínios Vivendas do Lago. Com este número, a cidade soma 270 casos, segundo levantamentos da Secretaria de Saúde. Ainda em outros bairros da zona oeste, mais 30 casos foram confirmados, sendo 17 nas regiões do Jd. Simus, Wanel Ville e Central Parque, e 13 na região do Jd. São Paulo.
Mesmo com o fim do verão, é preciso cautela. Os especialistas explicam que a única saída para evitar que a doença se prolifere é a total eliminação dos focos do mosquito transmissor da doença. E esse é um papel da população, já que 90% destes focos são encontrados nos quintais das residências.
Descarte ou guarde em local apropriado pneus velhos, garrafas, latas, embalagens, copos e tudo que acumule água. Vasos de plantas, caixas d’água, tambores, latões e cisternas devem ter medidas que impeçam a proliferação do mosquito, que sobrevive onde há água paradas. Também é muito importante fechar sacos plásticos e manter a lixeira tampada e seca.

 

.: ETEC “Fernando Prestes” inscreve para Vestibulinho de cursos Técnicos Gratuitos :.

Estão abertas inscrições para o Vestibulinho 2º Semestre de 2009 da Escola Técnica Estadual “Fernando Prestes”, com 600 vagas para diversos cursos técnicos gratuitos. O período para se inscrever vai até às 15h do dia 21 de maio, apenas pelo site www.vestibulinhoetec.com.br. O exame será no dia 13 de junho.
Os cursos disponíveis são:
- Manhã: Informática (40 vagas);
- Tarde: Administração (40 vagas), Informática (40 vagas), Informática para Internet (40 vagas) e Logística (40 vagas);
- Noite: Administração (40 vagas), Informática (40 vagas), Contabilidade (40 vagas), Mecânica – Projetos (40 vagas), Secretariado (40 vagas), Segurança do Trabalho (40 vagas), Design de Interiores (40 vagas), Desenho de Construção Civil (40 vagas);
Haverá ainda exame para a classe de extensão na E.E. Joaquim Izidoro Marins, no curso noturno de Logística (40 vagas), além de um curso semipresencial, aos sábados pela manhã, de Admnistração Empresarial (40 vagas), quando o aluno comparece semanalmente na escola apenas para tirar pegar material, tirar dúvidas, fazer provas, etc.
Mais informações sobre o vestibulinho, pelo telefone: 3221.9677.
81 anos de Tradição em Educação com Qualidade
Com 81 anos de história, a ETEC “Fernando Prestes” se dedica à profissionalização de jovens e adultos de Sorocaba e Região. O diretor professor Paulo Sérgio Germano explica que por ser formadora de técnicos e encaminhá-los ao mercado, as ETEC’s do Centro Paula Souza estão sob o comando da Secretaria Estadual de Desenvolvimento, e não de Educação, como muitos pensam. O Centro Paula Souza é subordinado a essa Secretaria, que por sua vez é um orgão do Governo do Estado de São Paulo. Com desenvolvimento industrial constante, Sorocaba necessita de mão-de-obra para suprir as necessidades das empresas. E, segundo o diretor, os técnicos são bastante procurados pelo mercado, por representarem boa qualificação sem altos investimentos.
O diretor ainda conta que a escola tem mais de 2.300 alunos nos diversos cursos, e cerca de 120 professores. “A nossa missão é capacitar para o exercício da cidadania, desenvolver o saber, e deste modo, preparar para estudos posteriores e para o mercado de trabalho”, afirma o professor Paulo Germano. “Nosso lema é ‘Ensinando para a Vida!’ Afinal, são mais de 80 anos de credibilidade educacional”, encerra.


.: “ProJovem Urbano” está com inscrições abertas em Sorocaba :.

O Programa “ProJovem Urbano”, um convênio entre a Prefeitura de Sorocaba e o Governo Federal, realizado pelas secretarias de Educação (Sedu), Juventude (Sejuv) e Relações do Trabalho (Sert), está com inscrições abertas para jovens entre 18 e 29 anos, que desejem receber formação do Ensino Fundamental, cursos profissionalizantes e desenvolvimento de ações comunitárias. O participante receberá um incentivo mensal de R$ 100, durante 18 meses de aulas.
Em Sorocaba, o programa do Governo Federal vai funcionar em cinco núcleos, sendo um deles na Zona Oeste, na Escola Municipal “Irineu Leister”, no Jardim Ipiranga.
É necessário residir em Sorocaba, não ter concluído o Ensino Fundamental, mas saber ler e escrever. Caso não apresente histórico escolar, será aplicado um teste de proficiência ao candidato. Os participantes devem ter no mínimo 75% de frequência nas aulas e entregar os trabalhos nas datas estabelecidas.
Para efetuar a matrícula são necessárias as cópias de RG, CPF, Carteira de Trabalho, Comprovante de Endereço, Título de Eleitor, Certidão de Nascimento ou Casamento e Histórico Escolar. Para matrícula ou mais informações sobre o programa, basta procurar um dos pontos abaixo: EM“Irineu Leister”( Rua Odete Nanci Giraldi, 67 - Jd. Ipiranga. Telefone: 3222.7280), EM “Prof. Luiz Almeida Marins” (Rua Dr. Américo Figueiredo, 3500 – Júlio de Mesquita. Telefone: 3221.2280) ou a Coordenação Local do ProJovem (Rua Cônego André Pieroni, 256 – Jd. Guadalajara. Telefone: 3221.9917 / 3217.8858). Os terminais de ónibus Santo Antônio e São Paulo também são pontos de inscrição

 

.: Aluna do Kumon é aprovada em medicina :.

Ex-aluna do Kumon, Luciane do Nascimento Américo, moradora do Jd. Europa, é a mais nova aprovada no curso de Medicina da Universidade Anhembi. A estudante de 22 anos se preparou durante 8 meses na disciplina de matemática e conseguiu o ingresso no tão desejado curso.
Ela aderiu ao método na unidade do Jd. Magnólia. “Ter feito Kumon foi uma experiência que só somou na minha vida”, revela. Ela explica que se sentiu mais segura durante a prova. “Além de aumentar meu conhecimento em matemática, o Kumon também desenvolveu meu raciocínio no geral, fazendo com que eu ficasse mais confiante na hora do vestibular”, afirma.
O Kumon é um método de ensino de origem japonesa, que visa acelerar o aprendizado através de uma rotina de exercícios individuais em disciplinas como português, matemática, japonês e inglês.
Satisfeita, Luciane agradece pela existência do Kumon. “Hoje como estudante de medicina, posso dizer que o curso valeu a pena, e foi um dos fatores que somaram para eu chegar até aqui. Obrigada Kumon!”, encerra.


.: Novo conjunto habitacional na Zona Oeste se encontra em fase final :.

O Conjunto Habitacional “Sorocaba R”, localizado entre os bairros Jardim Tulipas, Júlio de Mesquita Filho e Piazza de Roma em breve deverá livrar definitivamente mais 272 famílias de áreas com maiores riscos de inundações e deslizamentos na cidade. O empreendimento resulta de uma parceria da Prefeitura com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), com infraestrutura completa, área de lazer e um novo padrão de qualidade aos apartamentos.
As obras de implantação do novo conjunto habitacional se encontram em fase final. Houve um sorteio para definir qual apartamento cada família beneficiada irá morar, onde também foram entregues os documentos do imóvel. As mudanças serão realizadas pela Prefeitura, operação que já está sendo organizada e deverá mobilizar cerca de 70 trabalhadores.
O “Sorocaba R” está em uma área de 22 mil metros quadrados, onde foram implantados redes de água, esgoto, drenagem, energia elétrica e iluminação. Os moradores ainda contarão com duas quadras poliesportivas, dois centros comunitários, playground, paisagismo, pavimentação e uma vaga no estacionamento por moradia. Cada apartamento tem dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, sendo oito moradias destinadas a pessoas com deficiência.
Segundo a Prefeitura, a construção do “Sorocaba R” já atende às regras atuais da legislação sobre as normas construtivas e de acessibilidade, além de aumentar o padrão de qualidade dos imóveis. Os apartamentos contam com medidores de água e energia elétrica individualizados, piso cerâmico em todos os cômodos e azulejo com revestimentos nas paredes da cozinha e do banheiro, do piso até o teto.


.: Kumon transforma processo de aprendizado :.

O oficial de justiça Cleyber Ciuffa Breda e a professora de inglês Renata Alessandra Dearo Breda já planejavam o ingresso do seu filho no método Kumon antes mesmo de seu nascimento. Eles já conheciam através de algumas pessoas que já haviam feito, entre elas, seus sobrinhos.
Quando Luigi Ciuffa Breda, apresentou dificuldades de alfabetização aos 6 anos, os pais viram que era o momento de fazer a matrícula na disciplina de Português. “Com 8 ele já tem a leitura melhor do que alunos do ensino médio”, conta a mãe, que acompanha o filho no horário das aulas e aproveita para aprimorar seu inglês, também matriculada no método.
Há 1 ano, o menino pediu para fazer também as disciplinas de Matemática e Inglês. Segundo Cleyber, esse gosto de Luigi se dá por conta da rotina criada em casa, onde diariamente (inclusive no fim de semana) uma hora é separada para os estudos. “Com o Kumon, a criança aprende a ser autodidata, não dependendo totalmente dos professores. Lá na frente vem o resultado”, afirma o pai. “Me sinto mais inteligente”, disse o menino.
No caso da empresária Maria Isabel Bergamo Ierich, a inclusão de Lucas, de 9 anos, se deu porque o filho tinha problemas para aprender matemática. “Ele sequer sabia a importância dos números”, lembra. Uma prima que conhecia o Kumon indicou e ela matriculou o filho. “Foi fantástico. De alguém que odiava fazer contas, agora o Lucas está fissurado”, garante a mãe. Segundo ela, outro fator importante é que o garoto se desenvolveu também em outras matérias. “Recomendo sem medo para todas as mães. Agora meu filho tira nota boa em tudo”, comemora.

 

.: Moradora do Júlio de Mesquita é convocada para Seleção Feminina de Basquete Sub-15 :.

Começou como brincadeira há 10 anos. Hoje, Helen Priscila Gomes, 14 anos, moradora do Júlio de Mesquita, leva a sério sua paixão pelo basquete. Tão sério que foi convocada para integrar a Seleção Brasileira de Basquete Feminino Sub-15, treinada pela ex-jogadora da seleção principal Janeth Arcain. Os treinos já começaram visando a disputa do Sul-Americano, que será realizado no Mato Grosso do Sul entre 9 e 13 de novembro. A convocação definitiva para a competição será em outubro.
Os pais de Helen, José Gilberto Gomes e Helena da Silva Gomes, se orgulham na mesma medida que sentem saudades da filha, hoje residente em Americana (SP), onde joga na equipe Unimed/Americana.
Helen fez suas primeiras cestas no projeto “Educando através do esporte” das irmãs Vânia e Vanira Hernandes, tradicionais ex-jogadoras da seleção feminina de basquete, que inclusive defenderam o país nas Olimpíadas de Barcelona, em 1992.
De lá para cá, com o apoio dos pais, Helen foi se dedicando até surgir a oportunidade de ir para Americana. “Perguntei se o basquete era o que ela queria ou apenas brincadeira”, conta Gilberto. Com a resposta firme, o pai não poupou esforços para que a menina pudesse encontrar uma equipe. Ele procurou peneiras, e Helen foi aprovada em algumas. No começo, a jogadora precisava passar por um período de adaptação ao time e à cidade. Em 2008, estudava de manhã em Sorocaba e, da escola, seu pai a levava direto para os treinos. “Cheguei a viajar diariamente. Ela trocava de roupa e almoçava no carro. Tudo para realizar o sonho”, revela.
Helen agora mora numa casa com outras 11 jogadoras de sua faixa-etária. O time de Americana está disputando o Campeonato Paulista, onde venceu todos os 4 jogos que disputou.
Periodicamente, Helen vem à Sorocaba para rever os pais, como acontecerá no Dia das Mães. Helena está ansiosa pela chegada da filha. “Nos falamos por telefone ou pela internet todos os dias. Damos todos os incentivos, pois não queremos frustrar as expectativas dela. Mas se algum dia não der certo continuar no esporte, sabemos que ela terá responsabilidade e disciplina para a vida”, comemora a mãe.


.: CRAS cadastra para programa Renda Cidadã :.

O CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do Jd. Ipiranga está recebendo cadastros para inclusão de novas famílias no Programa Renda Cidadã, do Governo do Estado. O programa oferece palestras e reuniões socioeducativas, além de um benefício mensal de R$ 60,00. Para ingressar no programa é preciso que os filhos em idade escolar estejam frequentando as aulas, os menores de 6 anos estarem com a carteira de vacinação em dia, e ainda não participar de outro programa social, como o Bolsa Família. A renda da família também não pode ultrapassar R$ 200,00 por pessoa. A solicitação deve ser feita na sede do CRAS ou marcando horário através do telefone da unidade.
Programa para adolescentes
O CRAS também tem vagas para o Projeto Grupo Pro-Jovem para adolescentes de 15 a 17 anos, cuja família seja beneficiária do Programa Bolsa Família. São realizadas atividades educativas, informativas e de recreação, fortalecendo a convivência e socialização. O encontros são às terças e quintas, das 13h30min às 16h30min.
O CRAS é um espaço de acolhida para toda família e um dos primeiros contatos para a rede de serviços ofertados na área de Assistência Social. Vários outros cursos são oferecidos. A sede fica na Rua Santo Micheletti, número 30, no Jardim Ipiranga. O telefone do CRAS é 3202.8138.

.: Sorocaba Total irá transformar a Zona Oeste da cidade :.

Sorocaba receberá até 2012 obras que vão mudar radicalmente a vida da cidade. A prefeitura deu ao projeto o nome “Sorocaba Total”, que consiste na implantação de três grandes complexos viários atravessando a cidade. O eixo A, chamado de “André Franco Montoro” vai ligar a Zona Oeste à Zona Industrial , sem passar pelo centro, causando significativa economia de tempo. Ao longo do complexo serão implantados parques, arborização e planos urbanísticos. Os outros dois eixos denominados respectivamente Ulysses Guimarães e Mário Covas ligarão outros trechos da cidade. O Bairro em Foco conversou com o Assessor Especial da Secretaria de Governo, o Engenheiro Civil Valmir Almenara, que explicou como essa obra irá impactar a nossa região.

Bairro em Foco - Como será o eixo André Franco Montoro que vai passar pela zona oeste?
Valmir Almenara - O eixo começa na Avenida Luiz Mendes de Almeida, que já está duplicada no trecho da Raposo Tavares até o condomínio Villa dos Inglezes, onde também será revitalizada, com ciclovia, melhoria da iluminação, sinalização e jardinagem, além de verificarmos a necessidade de recapear. No Jd. São Paulo, onde há estreitamento da avenida, ela vai ser duplicada até a av. Getúlio Vargas, que liga com a Armando Pannunzio. Contudo, o eixo do complexo vai passar pela avenida em frente ao Villa dos Inglezes, que por enquanto acaba ali. Ela vai continuar pelo córrego Itanguá, contornando o Central Parque, passando próxima à Rua Comendador Vicente do Amaral até chegar à Américo Figueiredo, que vai ter um viaduto de acesso ao Júlio de Mesquita e Wanel Ville. O complexo vai passar por baixo, com as alças de acesso para todas as opções possíves. Seguindo, ela vai cortar direto sobre o córrego do Itanguá, até chegar à Av. General Osório. Ao chegar nas proximidades do Carrefour Sônia Maria, se formará um binário, no qual uma mão segue pela Avenida Brasil e outra vem pela Rua Maciel Baião. Haverá outro viaduto na rua Hermelino Matarazzo, e o complexo segue pela Rua J.J. Lacerda, próxima ao Mercado Distrital, até chegar à zona industrial. Então acaba a necessidade de se deslocar pela marginal Dom Aguirre e o centro da cidade para quem mora na zona oeste poder chegar à zona industrial.

BEF - Na área da Av. Miguel Patrício de Moraes e final do prolongamento da General Osório já estão trabalhadores no local, já é o início das obras?
VA - Estamos no momento de definição do projeto executivo. Este programa foi estruturado em cima de um projeto básico, como se trabalha em engenharia. É feito um projeto com diretrizes e depois estudos mais aprofundados. Então o que está acontecendo nesta região são os trabalhos básicos para gerar o projeto executivo. Estamos fazendo topografia, entre outras medidas para detalhar cada ponto das obras. No momento, tenho uma diretriz que me informa por onde a avenida vai caminhando, que é o projeto básico.

BEF - Quando devem começar as obras propriamente ditas?
VA - O projeto executivo deve durar até aproximadamente o fim do ano. Logo após começam os processos de licitação e a elaboração de editais. O projeto executivo vai dar quantitativos, e especificar para a prefeitura quanto a alguns valores praticados para cada item de obra. Em cima disso, elaboramos os editais de concorrência. No início do ano que vem já deve estar pronto. Estamos correndo para antecipar o máximo possível, e começar as obras civis no primeiro semestre de 2011.

BEF - Haverá desapropriações nos bairros Cidade Jardim, Itanguá I e II para as obras do Sorocaba Total? Há perspectiva de números?
VA - A prefeitura está cogitando cerca de 49 imóveis com necessidade de desapropriação. Mas não é um número definitivo, pois quando se faz projeto executivo, se adequa vias, para chegar ao menor impacto possível. Por essa razão, vamos a cada detalhe, cada entrada de condomínio, cada conversão, para encontrar a melhor solução.
A desapropriação é feita por uma equipe de engenharia que avalia terreno e imóvel cumprindo valor de mercado. O proprietário consegue se posicionar. Feito o acordo e acertada a documentação, em 48 horas a prefeitura paga com cheque nominal. No outro complexo já em andamento, o processo de licitação está realizando acordos tranquilamente.

BEF - Há desapropriações em área verde? Como fazer?
VA - Esse trabalho a Secretaria de Habitação tem feito com a Secretaria de Cidadania, mapeando famílias, para saber quem está no trajeto. Ninguém vai para o “olho da rua”, nem sofrer prejuízo. Tem um trabalho social de reposicionar as famílias, que vai ser um ganho, já que elas estão em margens de córregos e outros locais inapropriados. Agora vão ter urbanização, infra-estrutura, etc. A ideia é que o impacto na vida das pessoas seja positivo.
Uma cidade com boa urbanização se desenvolve socialmente, pois mexe com a autoestima. Morar num lugar bonito transforma a vida. Além do ganho na melhoria da malha viária, de tempo, entre outros, isso mexe com o interior das pessoas.

BF - Essas desapropriações podem resultar em atraso?
VA - Costumo ser otimista. Nossas equipes estão trabalhando forte para evitar atrasos e acredito que vamos conseguir cumprir o cronograma, sem problema.

BF - No projeto está prevista instalação de novos parques. Haverá também no trecho que corta a zona oeste?
VA - Sim. Nós temos o linear no Itanguá. Então todo este trecho será transformado num imenso parque. É o conceito da prefeitura em dar à população o uso de áreas ao lado de córregos e rios, como foi no Campolim. Vamos ter o linear de Sorocaba, toda com matas, pista de caminhada, ciclovia. A ideia para o Itanguá é ter a área efetivamente usada pela população. E com áreas limpas e bem cuidadas, ninguém vai querer sujar, pois é a proximidade da sua casa. No Itanguá também vai acontecer a concentração de equipamentos de ginástica e playground, e nas proximidades da Av. Luiz Mendes de Almeida.

BF - A Av. Américo Figueiredo foi liberada para construção com obrigatoriedade de recuo nas proximidades do Itanguá, com possibilidade de duplicação. Esta obra está prevista também? Assim como a ligação com a rua Benedito Ferreira Telles?
VA - Na verdade, esta obra não está nos desenhos do projeto, mas por solicitação e clamor público, estamos focando para fazê-la, pois vimos que realmente é uma necessidade da região, no sentido de ter maior fluidez de tráfego.

BF - Quais os impactos e as compensações ambientais naquela região?
VA - É diferente daquela estradinha que alguém cortou no século retrasado e depois foi asfaltada. Esses complexos foram tecnicamente estudados. As avenidas projetadas já com conceito antienchentes. O impacto é extremamente positivo, pois as obras associadas ao programa, estão destinadas a melhorar a infra-estrutura da cidade com os parques e todas as avenidas arborizadas.

BF - É possível estimar quanto tempo o morador que sai da zona oeste economizará para chegar até a zona industrial?
VA - Segundo dados do transporte coletivo, de pontos extremos, para alguém sair da zona oeste e chegar à zona industrial, demoraria 96 minutos. Isso vai cair para 47 minutos, resultando numa redução de 51%.


.: Foco Social - Paula Pacheco :.


.: Maio: Mês das Mães :.

Em primeiro lugar, deve-se fazer uma constatação: o mês de maio é celebrado em tantas comunidades de fé, oratórios, capelas, igrejas, catedrais e até mesmo ao ar livre, como por exemplo, nas missões das terras mais distantes, em comunidades que guardam muitas tradições, com origem numa civilização bem antiga. Essa tendência devocional dedicada à “Maria” no mês de maio é própria e peculiar do final do século XVII e ocupa todo o século XVIII.
Efetivamente, é a época do Renascimento, em que se escreve muito sobre Nossa Senhora. Podemos, por exemplo, iniciar o mês de maio orando pelas intenções e valorização do trabalhador: a “Deus”, por intercessão de “Maria”, peçamos que aconteça, com mais justiça e maior amplitude, a dignificação do ser humano através do trabalho.
Por todos os trabalhadores, sobretudo pelos explorados e por todos os desempregados. Para que na família, todos se sintam corresponsáveis pelas tarefas domésticas. Para que os governos promovam, com mais consciência, a justiça social e a geração de empregos. Para os aposentados, que não sejam desvalorizados e excluídos. Para que as mães sejam abençoadas: ser mãe é percorrer um caminho de muita semelhança com a obra de ”Deus” Criador, defensor e promotor da vida. Para que as mães entendam, aceitem e busquem a ideal maternidade segundo os desígnios do “Pai”. Para que a educação correta e sadia em casa, na escola, e em toda sociedade seja capaz de diminuir e eliminar o fenômeno das adolescentes que se tornam mães prematuras. Pelas mães que perderam filhos, sobretudo em situações trágicas e dolorosas. Pelas mães não amadas, nem pelos filhos, nem pelo marido. Pelas mães doentes, sem condições de tratamento e que ainda se esforçam para cuidar dos filhos. Pelas mães revoltadas e frustradas, que de tanto sofrer, não conseguem mais amar os filhos e nem à própria vida. Pelas mães sempre abnegadas e servidoras, que se santifiquem imitando “Maria”. Feliz Dia das Mães! Paz e Bem!

 

 

 

 

João Luiz Loureiro de Mello é contabilista, proprietário do Escritório Contábil JKL, católico praticante, frequentador da Paróquia
São José Cerrado.

.: Território Jovem oferece aulas gratuitas :.

A unidade do “Território Jovem” do Jardim Ipiranga está com programação oferecida gratuitamente aos jovens de 12 a 29 anos. São aulas esportivas e culturais para todos os gostos, como ginástica (diariamente às 18h), jazz (segundas e quartas, às 13h30), capoeira (segundas e quartas, às 19h), teatro (segundas, terças e quartas, às 16h), mangá (sextas, às 16h), Axé (segundas, quartas e sextas, às 15h), violão (sextas, às 13h) e boxe (terças e quintas, às 19h). Em breve também haverá aulas de Jiu-Jitsu (segundas e quartas às 19h). Os interessados devem realizar as inscrições no próprio local das aulas.
Ainda no mês de maio, serão oferecidas oficinas de capacitação profissional. Para saber os temas, é preciso se informar na unidade.
O Território Jovem é espaço aberto para manifestações culturais e artísticas propostas por jovens. Por isso, ele pode ser usado para ensaios, eventos de grupos musicais, danças e apresentações em geral.
O Território Jovem do Jardim Ipiranga fica na Av. Elias Maluf, 1.080. Informações pelo telefone 3221-3081.


.: Bingo Beneficente na Paróquia Rainha da Paz :.

A Paróquia Rainha da Paz no J. Mesquita realiza em 8 de maio o “Bingo das Mães”, em prol da construção das salas de catequese, cozinha e banheiros. O evento acontecerá após a celebração das 20h, no sábado.
Os prêmios são um lavador a alta pressão (1ª rodada), uma batedeira planetária (2ª rodada) e uma TV LCD 32 polegadas (3ª rodada). Haverá ainda rodadas extras. Os convites podem ser adquiridos no local.
A Paróquia N. Sra. Rainha da Paz fica na Rua Luiz Gonzaga N. Júnior número 100, no Júlio de Mesquita.

.: Feira Livre muda de rua no Júlio de Mesquita :.
A partir do dia 08 de maio, a feira livre realizada aos sábados, das 7h às 12h30, no Conjunto Habitacional Júlio de Mesquita Filho terá seu endereço alterado para a avenida Domingos Martins Vieira, no mesmo bairro, conforme comunicado da Secretaria de Segurança Comunitária.
No local onde acontece atualmente, Rua Professora Maria Benedita Augusto Keller, esquina com a avenida Américo de Figueiredo, será instalado um conjunto semafórico pela Secretaria de Trânsito e Transportes, por conta de mudanças no sistema viário local.



 

Olá, Cris. Estou com alguns problemas em casa, mas o principal é a implicância de meus pais com meus piercings. Tenho apenas três, mas é motivo de discussões todos os dias. Ambos são fanáticos religiosos, e acham que piercings vão me colocar no mundo das drogas, que vou ser zombado por outras pessoas, e meu pai até diz que isso é uma tendência homossexual. Dia desses acordei com uma passagem bíblica colada na tela do meu computador. Eles não entendem que piercings não alteram minha personalidade, nem meu modo de pensar. É apenas um acessório. Tenho emprego e nunca sofri preconceito por causa de piercings, mas eles não me escutam. Não aguento mais. O que faço?

Caro leitor, antes de qualquer análise, vamos tentar compreender o porquê seus pais se sentem tão mal diante da situação que me expôs. Bem, você não disse sua idade, mas pelo visto parece ser jovem. Imagino que esteja procurando independência, pois já possui emprego e parece ser responsável, visto que está preocupado com a opinião de seus pais e procurou ajuda. Vejo também que está manifestando suas crenças, opiniões e fazendo escolhas diferentes das de seus pais, caminhando para independência. Em geral, a passagem dos filhos do mundo infantil para o mundo adulto costuma ser momento difícil para os pais. Os piercings são também algo simbólico. Enquanto para você representa o rompimento do controle exercido pelas crenças e vontades de seus pais, por outro lado, para eles pode significar que está se desligando deles definitivamente e que em breve o ninho ficará vazio. Muitas vezes este momento de conflito gera ansiedade e angústia para os pais.
No seu caso existe outro agravante que é a crença religiosa de seus pais. Esse campo é delicado, pois cada religião possui regras e crenças bem definidas determinadas pela fé e realmente é muito difícil convencê-los do contrário através de argumentos racionais. Isso tudo associado à tendência natural dos pais inconscientemente temerem ser abandonados pelos filhos quando estes iniciam o processo de diferenciação através da divergência de opiniões. Isso acaba criando brigas em casa.
Este momento será fundamental no seu crescimento. Você terá que avaliar o valor dos piercings, pois talvez utilizá-los signifique magoar seus pais e tornar sua vida familiar mais difícil. Crescer também é aprender a renunciar. Para a maioria das escolhas, perdemos algo. O ideal é encontrar um equilíbrio entre satisfação pessoal e necessidades dos outros, aprendermos a ter nossas próprias opiniões, mas também sermos sensíveis ao sentimento dos outros. Tente encontrar um meio termo: será mesmo necessário vários piercings? Seria possível encontrar locais do corpo e tamanhos que poderiam ser encobertos em alguns locais, como na igreja, e expostos em outras situações? Converse com seus pais, diga que não quer magoá-los e tentem juntos encontrar um equilíbrio entre as suas necessidades e a felicidade deles. Boa sorte!


Dra. Christiane M. T. Araújo
Av. Américo Figueiredo, 454, Jd. Simus
Fone: 3221.7106 / 3018.1180


.: Aquela antiga frase do Pelé :.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dia desses fui cobrir a reintegração de posse dos prédios do Condomínio Ilhas do Sul, no Central Parque, que foram ocupados por diversas famílias buscando finalmente um lugar para morar.
Cumprindo ordens da Justiça, um grande aparato foi preparado para a reintegração, reunindo policiais, bombeiros (para casos de emergência), assistentes sociais, advogados, membros de comissões de direitos humanos, e é claro, a imprensa.
Enquanto jornalista, a busca incessante (e quase sempre utópica) pela imparcialidade não me permitem comentar o que vi. Portanto vai falar o “lado pai”.
Uma baita chuva acompanhada de vento frio formou o cenário. Sem pavimentação alguma, os arredores dos prédios viraram um lamaçal, dando um tom ainda mais dramático. Os caminhões encarregados das mudanças atolavam e espalhavam lama por todo o lado. Depois de uma conversa com assistentes sociais, as famílias empacotavam seus pertences e os transportavam debaixo de chuva.
Não tomo partido das famílias que, embora possam ter sido enganadas, em sua maioria tinha ciência da situação do local e da instabilidade de se morar ali.
Entretanto, minhas atenções se voltam para o estado de desolação das crianças. Pouco importa se houve erro de seus pais ou insensibilidade institucional da Justiça. Para elas, era momento de tristeza acordar numa manhã fria, como se fosse uma outra qualquer, e ver policiais rondando seu lar.
Um colega repórter de uma rádio local, mesmo agasalhado, tremia muito e me confidenciou ter perdido a sensibilidade dos dedos por causa do frio. Mães carregavam seus filhos já na parte exterior dos edifícios, enquanto os homens retiravam a mudança. Algumas dessas crianças com a mesma idade da minha filha.
Num cenário cinzento, gelado, molhado e sujo (por causa da lama), essas crianças tiveram sua rotina alterada bruscamente. E bem sabemos o quanto a rotina é importante. Um dia que ficará marcado negativamente para elas. Há mais de 40 anos, no discurso após fazer seu milésimo gol, Pelé disse: “Pensem nas criancinhas!”. Sei que os pais que levam seus filhos para morar em locais irregulares, o fazem por falta de opção. Mas às vezes é preciso insistir na procura por alternativas. Digo a eles, à Justiça e ao Poder Público: pensem nas criancinhas. Agora, com licença. Vou pensar na minha.

.: voltar :.