.: Matérias Central Parque 25 :.
 
.: Editorial :.

 

Novidades que não param por aqui

Com certa dose de orgulho, trazemos aos nossos leitores esta edição do Jornal Bairro em Foco – Central Parque & Cia., com mais novidades. Já está se tornando realidade a nossa intenção de a cada novo número nos apresentarmos com conteúdo diferente, sobretudo para acrescentar opções de leitura.
Como a zona oeste é quase uma cidade dentro de Sorocaba, diversos eventos movimentam os bairros. Há ainda que se destacar as pessoas responsáveis por fazer a região crescer. Pensando nisso, um antigo objetivo do jornal se concretiza a partir deste número: temos uma coluna social. E para cumprir essa missão, ninguém melhor do que a Paula Pacheco, que já é contato comercial do jornal e tem perfil exato para a função, já que conhece bem os acontecimentos dos bairros, além de sua facilidade em descobrir as mais curiosas informações sobre as pessoas daqui. O “Foco Social” com a Paula Pacheco é um espaço para o morador e empresário da zona oeste se informar e ser visto. Confira esta primeira edição na página 15.
Outra novidade do Jornal Bairro em Foco é o lançamento do “Guia Comercial Zona Oeste em Foco”, que irá circular no mês de agosto em todos os bairros que já são cobertos pelo jornal. Por ser entregue porta-a-porta, com o diferencial de ser em mãos, certamente este será uma ferramenta de grande utilidade para quem faz sua vida nesta região. Como o guia pretende catalogar em um só produto todas as empresas e serviços da zona oeste, seguramente vai servir como mais um instrumento para que o comércio dos bairros cresça e se desenvolva ainda mais, trazendo benefícios para nossa região. A matéria completa sobre o guia está na página 5.
Além das mais importantes notícias dos bairros e das matérias de utilidade pública e entretenimento, estas são as novidades desta edição do Bairro em Foco. Mas, 2010 ainda reserva outras realizações para a zona oeste e para o jornal. O leitor pode aguardar, pois como sempre fizemos, com muito trabalho e dedicação, temos nos empenhado para levar o melhor conteúdo sobre a vida que nos cerca em nossos bairros. Boa leitura!

Jota Abreu

.: Ex-jogador ensina futebol de salão a crianças no Jd. São Marcos :.

Era um futuro promissor. Depois de iniciar a carreira no Nacional e seguir para 6 meses no Corinthians, Paulo Sanderlei Pereira estava prestes a assinar contrato e se tornar jogador profissional do São Paulo, por volta de 1994. Como era menor de 18 anos, precisava da autorização de sua tia, que não consentiu. Ele voltou a jogar, quando conheceu o futsal aos 19 anos, porém nunca mais atuou profissionalmente.
Mas o que era frustração, Sanderlei transformou em solidariedade. Uma pedagoga, cunhada do ex-jogador, precisava de um projeto para o programa Escola da Família, da escola “Elza Bonilha”. Com isso em 2006 nasceu o time “Força Jovem Itanguá II – Em busca do amanhã melhor”, na intenção de tirar as crianças das ruas, e dar a elas uma ocupação para evitar o contato com as drogas e a criminalidade. Hoje o projeto não está mais na escola, porém há 9 meses os treinos acontecem no ginásio do Clube do Vovô, no Jd. São Marcos, com meninos e meninas entre 8 e 17 anos, que somam 45 atletas. Eles se dividem em 4 categorias no masculino (11, 13, 15 e 17 anos) e 2 no feminino (15 e 17 anos). Recentemente o time feminino sub-17 ficou em 3º lugar no Torneio do Panathlon, e participa do Lisofus a partir de 10/04. Já as meninas do sub-15 vão disputar a Copa Baby em Itapetininga, a exemplo dos times masculinos sub-13 e sub-17. Os garotos do sub-15 estão nas oitavas de final da Taça Cidade. Os jogos são filmados e os vídeos chegam a empresários que podem se interessar pelos jogadores. Atletas do time chegaram a fazer testes no Cruzeiro e no São Caetano.
Mas, muito além de resultados no esporte, o técnico Sanderlei se orgulha da mudança de postura dos atletas em seu dia-a-dia, no relacionamento familiar, na sociedade e também no comportamento escolar. “Exigimos boas notas na escola para poder frequentar os treinos”, revela. Há também orientação para evitar problemas com gravidez precoce entre os adolescentes.
Sanderlei não está sozinho. Pais de atletas, o casal Elisângela e Fábio Shiozaki também colabora com o time. Para fazer parte do time, basta saber mais informações através dos telefones 3202.3549, 3327.6737 o0u 8143.4860. Os treinos são de segunda, terça e sexta das 17h às 20h. E nos sábados das 16h30min às 19h30min e nos domingos das 8h às 12h. Segundas e sábados na pista de caminhada do Central Parque e demais dias no Clube do Vovô.


.: Novo conjunto habitacional na Zona Oeste se encontra em fase final :.

O Conjunto Habitacional “Sorocaba R”, localizado entre os bairros Jardim Tulipas, Júlio de Mesquita Filho e Piazza de Roma em breve deverá livrar definitivamente mais 272 famílias de áreas com maiores riscos de inundações e deslizamentos na cidade. O empreendimento resulta de uma parceria da Prefeitura com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), com infraestrutura completa, área de lazer e um novo padrão de qualidade aos apartamentos.
 As obras de implantação do novo conjunto habitacional se encontram em fase final. Haverá um sorteio para definir qual apartamento cada família beneficiada irá morar. As mudanças serão realizadas pela Prefeitura, operação que já está sendo organizada e deverá mobilizar cerca de 70 trabalhadores.
O “Sorocaba R” está em uma área de 22 mil metros quadrados, onde foram implantados redes de água, esgoto, drenagem, energia elétrica e iluminação. Os moradores ainda contarão com duas quadras poliesportivas, dois centros comunitários, playground, paisagismo, pavimentação e uma vaga no estacionamento por moradia. Cada apartamento tem dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, sendo oito moradias destinadas a pessoas com deficiência.
Segundo a Prefeitura, a construção do “Sorocaba R” já atende às regras atuais da legislação sobre as normas construtivas e de acessibilidade, além de aumentar o padrão de qualidade dos imóveis. Os apartamentos contam com medidores de água e energia elétrica individualizados, piso cerâmico em todos os cômodos e azulejo com revestimentos nas paredes da cozinha e do banheiro, do piso até o teto.


.: Novo conjunto habitacional na Zona Oeste se encontra em fase final :.

Com objetivo de reduzir o índice de analfabetismo na cidade, a Secretaria da Educação (Sedu) intensifica a divulgação das inscrições ao projeto “Alfa Vida”, alfabetização de adultos. A partir da próxima terça-feira (02), as inscrições já podem ser realizadas em qualquer unidade educacional da Rede Municipal e nas unidades do Sabe Tudo.
Para quem trabalha durante a semana, a Sedu abriu a possibilidade de inscrições nas 14 escolas que integram o programa “Clube da Escola”, que permanecem abertas nos finais de semana. Na região, 3 unidades municipais fazem parte do programa: “Maria de Lourdes Martins Martinez” (Jardim Santa Bárbara), “Luiz de Almeida Marins” (Júlio de Mesquita) e “Osvaldo Duarte” (Wanel Ville).
A Sedu também solicita a colaboração dos cidadãos que conhecem alguém que abandonou a escola ou não pôde estudar quando criança, para que indiquem os locais de inscrições para que a pessoa retorne aos bancos escolares.
Este ano, o Alfa Vida comemora duas décadas de existência, tendo formado mais de 7 mil alunos nesse período. Em 2009 foram 231 alunos que se formaram no projeto, entre elas, a aposentada Elza Martins Pinto, 70 anos, moradora do Parque das Laranjeiras.
A abertura de classes pode ocorrer em qualquer época do ano, em qualquer uma das escolas municipais, desde que atinja um número mínimo de 25 alunos. As inscrições podem ser feitas a partir de 2 de fevereiro, das 9h às 12h e das 13h às 16h, em qualquer unidade de ensino do município. Informações pelo fone 3234-4161.

.: Guia “Zona Oeste em Foco” será distribuído em agosto com 40 mil exemplares :.

Com circulação para o mês de agosto, o jornal Bairro em Foco lança o “Guia Zona Oeste em Foco”, o mais completo catálogo de empresas e negócios, que, além da distribuição porta a porta, como já é feita com o jornal, terá o diferencial de ser entregue em mãos, nos 30 bairros cobertos pelo jornal.
“É uma proposta ousada que vai gerar novas oportunidades para empresários e moradores”, afirma Marcos Tadeu Stachewski, proprietário do jornal. Nos últimos anos, a Zona Oeste tem apresentado desenvolvimento significativo em relação à cidade, e com isso vem a necessidade de uma estrutura que sustente o porte alcançado. Os moradores e empresários destes bairros, cada vez mais investem para não haver necessidade de deslocamento até o centro de Sorocaba para a realização de negócios dos mais variados gêneros. “Com todo o progresso, já era hora de catalogar e unir em um só produto, as mais importantes empresas e prestadores de serviços localizadas nesta região e também aquelas que estão em outros bairros, mas têm em grande parte de seus clientes, moradores da zona oeste da cidade”, explica Stachewski. Por ser o mais tradicional e abrangente veículo de comunicação direcionado à Zona Oeste, o jornal Bairro em Foco se mostra apto a realizar esta tarefa, devido à sua credibilidade de 6 anos no mercado e à garantia da tiragem e da entrega.
O “Guia Zona Oeste em Foco” irá trazer diversos ramos de negócio, com a finalidade de facilitar o acesso do público a serviços próximos e de boa qualidade, e também oferecer ao empreendedor a possibilidade de ser visto pelo seu público direcionado. “Nossa intenção é listar todas as empresas e prestadores de serviços existentes na Zona Oeste, apresentando opções para o morador escolher onde consumir”, detalha o empresário.
A distribuição será em cada residência e comércio de maneira personalizada. Nos apartamentos onde já é feita a entrega de porta a porta do jornal, será da mesma forma. Em alguns conjuntos de apartamentos, onde não é permitida a entrada da equipe, os guias serão etiquetados e entregues ao responsável pelo condomínio.
A equipe comercial que já está nas ruas divulgando a nova proposta, é composta por Hernani Kiko, Paula Pacheco, além do próprio Marcos Tadeu. “Ninguém pode ficar de fora, afinal de contas o guia servirá de consulta durante o ano todo”, ressalta.
Para conhecer mais sobre o “Guia Zona Oeste em Foco”, basta entrar em contato com o departamento comercial através dos telefones 2104.4133, 3013.1331 ou 3012.7246.


.: Vacinas éticas evitam doenças em seu animalzinho :.

A vacinação de seu Pet é a melhor forma de evitar que ele adoeça. Há muitos anos as vacinas são utilizadas para a prevenção de doenças.
Em geral, são recomendadas pelo menos 3 doses de vacina polivalente que protege contra várias doenças, iniciando-se o programa de vacinação por volta do 45º dia de vida. Os adultos devem receber reforço anualmente, pois os protocolos vacinais duram em média 1 ano. Contamos com várias opções de vacinas veterinárias: Vacinas Puppy (filhotes), Recombinantes polivalentes, antirrábica e contra gripe canina.
As vacinas polivalentes são as que protegem contra várias doenças ao mesmo tempo. Logo que nascem, os cachorros recebem anticorpos de suas mães através do leite que, em geral, são suficientes para protegê-los contra as principais doenças durante os primeiros meses de vida. A partir de então, os animais ficam suscetíveis às doenças virais e precisam ser vacinados para desenvolver proteção prolongada e eficaz.
Apenas o Médico Veterinário poderá recomendar o momento ideal da vacinação e contra quais doenças o animal deve ser vacinado. Animais doentes e debilitados não devem ser vacinados, assim apenas um profissional poderá identificar se seu pet está apto a receber a vacina. Também é muito importante manter atualizada a carteira de vacinação de seu animalzinho; sempre que for ao veterinário vacinar seu cachorro, apresente-a para que ele registre a vacina administrada.
Essas vacinas podem encontradas em Clínicas Veterinárias, lembrando que apenas o Médico Veterinário esta apto a examinar, diagnosticar e vacinar seu animalzinho de estimação. As vacinas éticas usadas pelos Médicos Veterinários são importadas, produzidas sob os mais rigorosos padrões de qualidade e utilizadas em todo o mundo.
Consulte seu médico veterinário sobre o esquema de vacinação mais adequado para seu amigo de estimação.

Dra. Viviane Regina V. Almeida
CRMV SP 17.954


.: A pedido da SAB, Urbes coloca abrigos em pontos de ônibus :.

Atendendo reivindicações da SAB (Sociedade Amigos de Bairro) do Jardim São Marcos, a Prefeitura Municipal de Sorocaba através da Urbes, implantou abrigos de nos pontos de parada de ônibus no decorrer da Avenida Santa Cruz, onde não haviam.
Segundo o presidente da SAB Roberto, ainda que simples, a instalação é de extremo benefício para os usuários que muitas vezes aguardavam a chegada do transporte coletivo debaixo de sol ou chuva.
O ofício encaminhado pela SAB, chegou à Urbes no segundo semestre de 2009, e o atendimento da solicitação se deu ainda no mês de outubro do ano passado.

.: 25 de abril: Dia do Contabilista :.

“É possível ser bem sucedido honestamente”. Com esta frase, o proprietário do Escritório Contábil JKL, João Luiz Loureiro de Mello define sua vida profissional, há 45 anos como contabilista. Profissão que comemora o seu dia em 25 de abril.
Depois de ter sido engraxate e entregador de jornal, João Luiz ingressou em 1965 no Escritório Paula Santos, ainda na rua Carlos Gomes, como funcionário. Aperfeiçoou-se no emprego e em 1969 se mudou para Salto de Pirapora, onde ingressou na área contábil de outra empresa como prestador de serviço. Se formou técnico em contabilidade em 73 e bacharel em Ciências Contábeis em 1979. Evoluindo na profissão, teve liberdade para trabalhar e foi conquistando outros clientes. Quando a sociedade que mantinha o negócio em Salto de Pirapora se dissolveu, João Luiz voltou para Sorocaba e montou seu próprio escritório na Avenida General Carneiro, em 1984. Em 1992, houve a mudança para o atual endereço no Jd. Simus.
A data do Dia do Contabilista foi criada em 1926 por João Lyra de Tavares, ex-senador e patrono da profissão, mas oficializada apenas em 1979.
Segundo João Luiz, a importância da profissão está em apresentar opções de benefícios e isenções ao seu cliente, além de alertar sobre possíveis irregularidades. “Às vezes a empresa realiza transações sem fazer planejamento tributário, e pode vir a ter muitos prejuízos”, explica. Ele conta que é imprescindível que o contabilista trabalhe com ética: “O sigilo das informações é indispensável”.
Católico praticante, João faz questão de ressaltar o tema da Campanha da Fraternidade de 2010: Economia e Vida, com o lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” (Mt. 6,24). Segundo ele, é necessário haver consciência da importância do planejamento financeiro para reduzir as desigualdades sociais. “A mudança está nas pessoas. É preciso um gesto concreto”, afirma.
O Escritório Contábil JKL trabalha com abertura, transferência e encerramento de empresas, escrita fiscal, imposto de renda e consultoria personalizada. O endereço é rua Benedito Ferreira Telles, 644, no Jd. Simus. Informações pelos telefones: 3222.1107 ou 3222.2708.



.: Mais de 6 mil alunos da Rede Municipal participam do Programa “Estrada para a Cidadania” :.

Aproximadamente 6.300 alunos da Rede Municipal de Ensino de Sorocaba participarão do programa “Estrada para a Cidadania”. O programa, lançado estadualmente no fim de março, em Barueri, é desenvolvido pela ViaOeste, em parceria com as Prefeituras localizadas no entorno do eixo Castello Branco-Raposo Tavares.
A exemplo do ano passado, participam todos os alunos das 3ª séries do Ensino Fundamental, abrangendo as cidades localizadas nas áreas de influência da concessionária. Ao longo do ano, professores e estudantes desenvolverão um conjunto de ações de caráter educacional, que consolida os conceitos de segurança no trânsito, cidadania e proteção ambiental. Em 2009, a conclusão do projeto aconteceu na Escola Municipal Osvaldo Duarte, no Wanel Ville.
O objetivo do programa é conscientizar crianças e educadores da importância dos bons hábitos e do respeito às instruções de trânsito, com o intuito de reduzir os índices de acidentes e mortes no trânsito e a proteção do meio ambiente. Seu foco principal é o ser humano, com claro direcionamento para as mudanças de valores, comportamentos e atitudes.
Além das atividades voltadas aos alunos, ações extracurriculares serão realizadas paralelamente às demais atividades do programa, como eventos com a participação dos alunos, professores e motoristas.

 

.: Sorocaba Total irá transformar a Zona Oeste da cidade :.

Sorocaba receberá até 2012 obras que vão mudar radicalmente a vida da cidade. A prefeitura deu ao projeto o nome “Sorocaba Total”, que consiste na implantação de três grandes complexos viários atravessando a cidade. O eixo A, chamado de “André Franco Montoro” vai ligar a Zona Oeste à Zona Industrial , sem passar pelo centro, causando significativa economia de tempo. Ao longo do complexo serão implantados parques, arborização e planos urbanísticos. Os outros dois eixos denominados respectivamente Ulysses Guimarães e Mário Covas ligarão outros trechos da cidade. O Bairro em Foco conversou com o Assessor Especial da Secretaria de Governo, o Engenheiro Civil Valmir Almenara, que explicou como essa obra irá impactar a nossa região.

Bairro em Foco - Como será o eixo André Franco Montoro que vai passar pela zona oeste?
Valmir Almenara - O eixo começa na Avenida Luiz Mendes de Almeida, que já está duplicada no trecho da Raposo Tavares até o condomínio Villa dos Inglezes, onde também será revitalizada, com ciclovia, melhoria da iluminação, sinalização e jardinagem, além de verificarmos a necessidade de recapear. No Jd. São Paulo, onde há estreitamento da avenida, ela vai ser duplicada até a av. Getúlio Vargas, que liga com a Armando Pannunzio. Contudo, o eixo do complexo vai passar pela avenida em frente ao Villa dos Inglezes, que por enquanto acaba ali. Ela vai continuar pelo córrego Itanguá, contornando o Central Parque, passando próxima à Rua Comendador Vicente do Amaral até chegar à Américo Figueiredo, que vai ter um viaduto de acesso ao Júlio de Mesquita e Wanel Ville. O complexo vai passar por baixo, com as alças de acesso para todas as opções possíves. Seguindo, ela vai cortar direto sobre o córrego do Itanguá, até chegar à Av. General Osório. Ao chegar nas proximidades do Carrefour Sônia Maria, se formará um binário, na qual uma mão segue pela Avenida Brasil e outra vem pela Rua Maciel Baião. Haverá outro viaduto na rua Hermelino Matarazzo, e o complexo segue pela Rua J.J. Lacerda, próxima ao Mercado Distrital, até chegar à zona industrial. Então acaba a necessidade de se deslocar pela marginal Dom Aguirre e o centro da cidade para quem mora na zona oeste poder chegar à zona industrial.

BEF - Na área da Av. Miguel Patrício de Moraes e final do prolongamento da General Osório já estão trabalhadores no local, já é o início das obras?
VA - Estamos no momento de definição do projeto executivo. Este programa foi estruturado em cima de um projeto básico, como se trabalha em engenharia. É feito um projeto com diretrizes e depois estudos mais aprofundados. Então o que está acontecendo nesta região são os trabalhos básicos para gerar o projeto executivo. Estamos fazendo topografia, entre outras medidas para detalhar cada ponto das obras. No momento, tenho uma diretriz que me informa por onde a avenida vai caminhando, que é o projeto básico.

BEF - Quando devem começar as obras propriamente ditas?
VA - O projeto executivo deve durar até aproximadamente o fim do ano. Logo após começam os processos de licitação e a elaboração de editais. O projeto executivo vai dar quantitativos, e especificar para a prefeitura quanto a alguns valores praticados para cada item de obra. Em cima disso, elaboramos os editais de concorrência. No início do ano que vem já deve estar pronto. Estamos correndo para antecipar o máximo possível, e começar as obras civis no primeiro semestre de 2011.

BEF - Haverá desapropriações nos bairros Cidade Jardim, Itanguá I e II para as obras do Sorocaba Total? Há perspectiva de números?
VA - A prefeitura está cogitando cerca de 49 imóveis com necessidade de desapropriação. Mas não é um número definitivo, pois quando se faz projeto executivo, se adequa vias, para chegar ao menor impacto possível. Por essa razão, vamos a cada detalhe, cada entrada de condomínio, cada conversão, para encontrar a melhor solução.
A desapropriação é feita por uma equipe de engenharia que avalia terreno e imóvel cumprindo valor de mercado. O proprietário consegue se posicionar. Feito o acordo e acertada a documentação, em 48 horas a prefeitura paga com cheque nominal. No outro complexo já em andamento, o processo de licitação está realizando acordos tranquilamente.

BEF - Há desapropriações em área verde? Como fazer?
VA - Esse trabalho a Secretaria de Habitação tem feito com a Secretaria de Cidadania, mapeando famílias, para saber quem está no trajeto. Ninguém vai para o “olho da rua”, nem sofrer prejuízo. Tem um trabalho social de reposicionar as famílias, que vai ser um ganho, já que elas estão em margens de córregos e outros locais inapropriados. Agora vão ter urbanização, infra-estrutura, etc. A ideia é que o impacto na vida das pessoas seja positivo.
Uma cidade com boa urbanização se desenvolve socialmente, pois mexe com a autoestima. Morar num lugar bonito transforma a vida. Além do ganho na melhoria da malha viária, de tempo, entre outros, isso mexe com o interior das pessoas.

BF - Essas desapropriações podem resultar em atraso?
VA - Costumo ser otimista. Nossas equipes estão trabalhando forte para evitar atrasos e acredito que vamos conseguir cumprir o cronograma, sem problema.

BF - No projeto está prevista instalação de novos parques. Haverá também no trecho que corta a zona oeste?
VA - Sim. Nós temos o linear no Itanguá. Então todo este trecho será transformado num imenso parque. É o conceito da prefeitura em dar à população o uso de áreas ao lado de córregos e rios, como foi no Campolim. Vamos ter o linear de Sorocaba, toda com matas, pista de caminhada, ciclovia. A ideia para o Itanguá é ter a área efetivamente usada pela população. E com áreas limpas e bem cuidadas, ninguém vai querer sujar, pois é a proximidade da sua casa. No Itanguá também vai acontecer a concentração de equipamentos de ginástica e playground, e nas proximidades da Av. Luiz Mendes de Almeida.

BF - A Av. Américo Figueiredo foi liberada para construção com obrigatoriedade de recuo nas proximidades do Itanguá, com possibilidade de duplicação. Esta obra está prevista também? Assim como a ligação com a rua Benedito Ferreira Telles?
VA - Na verdade, esta obra não está nos desenhos do projeto, mas por solicitação e clamor público, estamos focando para fazê-la, pois vimos que realmente é uma necessidade da região, no sentido de ter maior fluidez de tráfego.

BF - Quais os impactos e as compensações ambientais naquela região?
VA - É diferente daquela estradinha que alguém cortou no século retrasado e depois foi asfaltada. Esses complexos foram tecnicamente estudados. As avenidas projetadas já com conceito antienchentes. O impacto é extremamente positivo, pois as obras associadas ao programa, estão destinadas a melhorar a infra-estrutura da cidade com os parques e todas as avenidas arborizadas.

BF - É possível estimar quanto tempo o morador que sai da zona oeste economizará para chegar até a zona industrial?
VA - Segundo dados do transporte coletivo, de pontos extremos, para alguém sair da zona oeste e chegar à zona industrial, demoraria 96 minutos. Isso vai cair para 47 minutos, resultando numa redução de 51%.



.: Foco Social - Paula Pacheco :.


.: Médico completa 26 anos de atuação no Central Parque :.

No próximo dia 2 de maio, o médico Dr. Celso Bueno Abujamra completa 26 anos no Central Parque, dos 28 que tem de profissão. Clínico Geral e Endocrinologista, Abujamra conta que pouco se interessou por cirurgias, e por essa razão seguiu o caminho do consultório. Ao notar o crescente avanço do ramo de endocrinologia, resolveu se especializar.
Embora tenha pacientes com diferentes problemas relacionados à alimentação, a maior procura é de pessoas buscando emagrecimento. Segundo o médico, há pessoas com tendência patológica de engordar, entretanto grande parte dos casos é de pacientes que se encaixam no que ele denomina como um problema cultural. “Atualmente, as pessoas tem maior poder de compra, o que as leva a comer mais. Só que por conta da correria das tarefas, comem mal”, explica Abujamra. Segundo ele, no Brasil, quase 50% das pessoas sofrem com obesidade, sendo que na maior parte delas, o problema é psicológico. “É necessário ter paciência em explicar para o paciente, e fazê-lo aceitar a patologia para iniciar o tratamento”, detalha.
Com todos os anos de experiência, Celso conta que, embora a obesidade traga diversos problemas da saúde, as mulheres o procuram por questões estéticas. Algumas inclusive sequer necessitariam emagrecer, de acordo com o médico.
Dr. Celso Bueno Abujamra atende na Clínica Central Park, junto com o Pediatra Dr. Jorge Sasaki, onde aceitam os convênios Unimed, Méd Service, Fundação CESP, APAS, Multicare e Evangélico. Para finalizar, o médico alerta para o costume de procurar ajuda apenas depois da doença se manifestar. “É preciso fazer medicina preventiva, realizando consultas regularmente para que, uma vez detectado o problema, o tratamento se inicie o mais rápido possível”, encerra o doutor.


.: Médico completa 26 anos de atuação no Central Parque :.

O Dispensário Irmã Sheila, localizado no Jd. São Marcos, realizou festa de páscoa no último dia 30 de março para seus assistidos. As crianças menores de 12 anos, filhas de integrantes do Grupo de Mães, ganharam um ovo de chocolate cada.
As crianças participaram durante o dia de diversas atividades como oficinas e aulas, além de brincadeiras. No fim da tarde foram distribuídos 96 brindes.
Este grupo realiza atividades em oficinas artesanais, e atualmente também está participando de um curso de contabilidade fiscal, com duração de 6 meses, de onde sairão profissionais aptos a atuar no mercado de trabalho.

Ônibus da Mulher e inscrições

No dia 12 de maio, o Ônibus da Mulher atenderá das 9h às 16h30min, realizando diversos exames gratuitamente para as mulheres cadastradas no dispensário.
A entidade ainda está com inscrições abertas para os cursos de depilação e manicure (2ª turma) que se iniciarão no mês de maio. Quem desejar participar, deve entrar em contato através do telefone 3222.9535. O Dispensário fica na rua Trajano Athayde, 425, no Jd. São Marcos.


Leitora Anônima. Tenho 26 anos. Às vezes me pego muito triste, carente e me sentindo sozinha. Sou casada há 7 anos e tenho um filho com 9. Trabalho com vendas de roupas. Meu pai bebe, e minha mãe não liga para mim. Sou filha adotiva deles. Conheço minha mãe verdadeira, mas não consigo me aproximar dela. Não sei se foi depois que engordei, meu esposo não me deseja mais e não consigo emagrecer. Cris, me ajude para que essa tristeza saia, pois quando ela bate é difícil suportar.

Olá querida leitora. Pela breve história familiar relatada, vejo que sua autoestima está bastante baixa. Você parece insegura do amor e carinho de seus pais. Essa construção de sua autoestima é que em geral determina a forma com que você percebe a si mesma e o mundo. Se nos sentimos amados incondicionalmente por nossos pais ou cuidadores quando criança, geralmente internalizamos esse amor, nos tornamos seguros e nossa autoestima fica fortalecida, como se estivéssemos protegidos o resto da vida por uma bolha de amor. Encaramos os problemas da vida com mais serenidade e menos sofrimento. Já quando não internalizamos esse amor, projetamos essa insegurança para nossas outras relações de afeto, como se houvesse a possibilidade constante de sermos abandonados e sentimos como se não fôssemos merecedores do amor do outro.
Por exemplo, é possível que o problema com seu marido seja algo semelhante. Vejo que ao invés de observar todas as possibilidades, você acaba culpando a si mesma e menosprezando sua aparência, atribuindo a isso a falta de desejo dele. Posso assegurar que o problema não é apenas o fato de ter engordado, mas uma infinidade de situações que desencadeiam esse sentimento. Entretanto a forma como você percebe o mundo, prejudica a análise objetiva da situação e potencializa seu sofrimento e a possibilidade de mudança.
Querida, a construção da autoestima é algo constituído ao longo da vida, contudo tente vencer sua história e observar a vida por outra perspectiva. Ficar sob controle do real e não da distorção causada pelo pessimismo. Tente se amar e acredite ser amada por aquilo que é realmente, construir uma nova relação com o seu passado, com seus pais, sua família. Construa também novas relações de afeto e tente ao máximo acreditar na força delas e procure se reanimar, pois em geral as pessoas gostam mais de quem parece confiante, alegre e se demonstra forte diante das adversidades da vida. Não se entregue jamais, pois você é muito mais capaz do que imagina e, se precisar, peça ajuda profissional.

Dra. Christiane M. T. Araujo - Av. Am. Figueiredo, 454 - Jd. Simus - Fone: 3221.7106 / 3018.1180


.: Casa do Cirineu oferece aula de pintura em tecido :.

Localizada no Itanguá, a Casa do Cirineu reiniciará o Projeto Gotas de Amor, que oferece aulas de pintura em tecido para adultos. O curso volta a partir do próximo dia 8 de abril, às 14h. As inscrições para o projeto devem ser feitas na secretaria em horário de plantão, ás segundas-feiras das 14h às 16h, e de terça à sexta das 9h às 11h. É necessário trazer estar munido de comprovante de endereço e documento de identidade.

A entidade

De um pequeno trabalho social do Núcleo Espírita de Evangelização Ismael no Itanguá II nasceu uma grande obra, a Casa do Cirineu. Hoje o local conta com uma sede própria, construída em um terreno de 3.000m².
A Casa sobrevive através de doações diversas e principalmente dos Associados Contribuintes, que fazem a sua colaboração através de carnê. Quem quiser conhecer, contribuir ou até mesmo participar de algum dos projetos, pode entrar em contato com a instituição através do telefone 3202.7353. A Casa do Cirineu fica na rua Arnaldo Giardini, 131, no Jd. Itanguá II.



.: Pensamentos do Jota :.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No blog que criei para reunir todos os textos desta coluna (www.pensamentosdojota.blogspot.com) alguns leitores já se manifestaram contra a abordagem de temas polêmicos, sob a alegação de estar dando destaque para quem não merece. Mas, encaro o tema deste texto como uma denúncia importante para conscientização.
Às vezes você se ausenta do trabalho? Se sim, provavelmente não é remunerado pelos dias nos quais não trabalha, certo? Não tão certo assim, se você for deputado ou senador. E pior, exercendo um desses cargos, você nem precisa tirar férias para deixar de trabalhar e mesmo assim continuar recebendo.
Entre os meses de julho e outubro, senadores e deputados federais que forem disputar um cargo eletivo ou apoiar algum candidato quase não vão sequer ver a cor do Congresso por conta das eleições, e pasmem, continuam recebendo normalmente salários e benefícios. Este período recebe o nome de “recesso branco”, quando não há votações em plenário ou nas comissões. A presença não é obrigatória e, portanto evita descontos nos rendimentos dos parlamentares.
Para não ficar muito feio, inventaram algo chamado de “esforço concentrado” que dura uma semana em agosto e outra em setembro. Parece que em anos anteriores, esses dias não fizeram diferença nenhuma, já que deputados e senadores, mesmo tendo que trabalhar, estão mais interessados nas eleições, fazendo com que alguns deles sequer retornem à Brasília. Votações durante esse período? Nenhuma.
Os gastos dos parlamentares em ano eleitoral são exatamente os mesmos de outros anos, mesmo que eles não compareçam ao plenário durante 4 meses.
É certo que vários destes senadores e deputados não foram criadores dessa determinação de poder não trabalhar, mas receber. Entretanto seria uma questão de moral lutar para mudar isso (eles têm o poder) ou, no mínimo, devolver a grana aos cofres públicos. Como cidadão, já mandei minha solicitação a alguns dos parlamentares através dos e-mails disponíveis nos sites www.senado.gov.br e www.camara.gov.br. Que tal fazer sua parte também? Cidadania não é só apertar botõezinhos no dia das eleições. E coragem faz parte de uma sociedade mais politizada e consciente. Junte-se a mim!




.: Comunidade de São Marcos tem tríduo ao padroeiro e Bandeira do Divino :.

Programação da Festa do Padroeiro:
23/04 – Sexta-feira. Missa às 19h30min.
24/04 – Sábado. Missa às 19h.
25/04 – Domingo. Missa às 19h.

Bandeira do Divino

A equipe da Bandeira do Divino da Comunidade São Marcos vai percorrer as ruas dos bairros visitando as casas todas as segundas, terças e quartas-feiras, de 6 de abril até 23 de maio, quando se comemora a festa de Pentecostes.
A Comunidade São Marcos fica na rua Trajano Athayde, 142, Jd. São Marcos.