.: Matérias Central Parque 24 :.
 
.: Editorial :.

 

Começando nossos trabalhos em 2010, vamos notando o tempo passar, e com ele a evolução dos fatos.
A cidade de Sorocaba passou por momentos turbulentos em 2009, na esfera política. Secretários e vereadores foram alvos de denúncias e críticas por parte da grande imprensa e também da sociedade. Houve ainda, grande celeuma por conta da tão falada crise econômica mundial, que arrepiou os cabelos de economistas, empresários e também do trabalhador empregado, com medo da demissão.
Michael Jackson morreu, caiu um avião da Air France e o Rio de Janeiro foi eleito para sediar as Olimpíadas. Mas enquanto isso tudo acontecia, exceto no apagão que deixou 18 estados às escuras em novembro, quase imune a esses fatos, a zona oeste de Sorocaba continuou evoluindo. O que se viu por aqui foram novas oportunidades de negócios, comércios iniciando seus trabalhos, entidades ampliando atendimentos, bairros sendo regularizados, moradores se destacando na cidade, entre outros feitos. Evidente que ocorreram fatos negativos, que aborreceram muita gente. Entretanto, em meio a um cenário tumultuoso encontrado em 2009, parece que nossa região se saiu bem.
Já em 2010, andando por algumas ruas e avenidas, é possível ver o curso do desenvolvimento em novas construções, reformas, investimentos e ampliações. Empresários e moradores da zona oeste de Sorocaba não se cansam de lutar pelo seu crescimento.
A expectativa é de que este ano seja mais tranquilo. Dessa forma, está garantido que a garra, competência e persistência desta região da cidade irão garantir mais avanços e desenvolvimento visíveis, ainda mais impactantes do que aqueles que vimos no ano passado.
Na torcida para que tudo isso se realize, o jornal Bairro em Foco estará mais uma vez aqui para registrar e noticiar todos os acontecimentos que 2010 reserva para a zona oeste de Sorocaba.

Jota Abreu

.: Escolas da região se preparam para a volta às aulas :.

As escolas estaduais “Antônio Miguel Pereira Junior” e “Elza Bonilha” estão passando por reformas para a volta dos alunos no início das aulas, dia 18 de fevereiro. As unidades estão recebendo pintura em praticamente todo o prédio, limpezas de terrenos, jardinagem, entre outros preparativos. Na “Antônio Miguel”, apenas algumas classes que já estavam em bom estado serão poupadas. A escola recebeu a tinta do Governo do Estado, mas o trabalho de pintura, segundo a diretora Suely Terezinha das Graças Monteiro Gomes, deveria ser da comunidade, de forma voluntária. “Como isso não acontece, usamos o dinheiro da APM para pagar o pintor”, esclarece. As duas escolas ainda terão reuniões preparatórias do Conselho Pedagógico para traçar as metas de 2010. Entre elas, mais qualidade de ensino e evitar a evasão escolar.

Outras novidades

O Governo do Estado, por meio do Centro Paula Souza e a Fundação Roberto Marinho oferecem um programa inédito de ensino técnico nas escolas estaduais do interior de São Paulo: o Telecurso TEC. As escolas “Antonio Miguel Pereira Jr.” e “Elza Bonilha” são pólos deste programa, cujo objetivo é facilitar para o jovem o acesso à universidade e o ingresso no mercado de trabalho.
Em 2010, os alunos terão a oportunidade de se qualificar como Assistente de Planejamento. Esta certificação garante o primeiro contato deste jovem com princípios de gestão, essenciais para sua vida pessoal e profissional, independente da profissão escolhida. Com metodologia diferenciada e modernos recursos tecnológicos,o Telecurso TEC possibilita que esses jovens desenvolvam competências profissionais que são cada vez mais exigidas pelo mundo do trabalho. E mais, vai incentivar esses jovens a se tornarem empreendedores, profissionais polivalentes, uma exigência da nova economia. Basta procurar a secretaria da escola.
Ainda na “Elza Bonilha”, 5 alunos do ensino médio estão participando de um programa experimental do Governo do Estado em parceria com empresas da iniciativa privada para um curso intensivo de inglês totalmente gratuito durante as férias. Participam do projeto as escolas Wizard, Alps, Skill, Microlins e Cultura Inglesa. Os alunos frequentam 40 horas de aulas nas próprias instituições.
A escola também foi uma das 10 unidades de Sorocaba a se inscrever no Programa Mais Educação, do Ministério da Educação. Para ampliar oportunidades, se for aprovada, a escola poderá oferecer oficinas de Horta, Jornal na Escola, Judô, Vôlei, Jogos Matemáticos e Xadrez. Todo o material é cedido pelo MEC, além da ajuda de custo para um monitor voluntário, cuja escolha ficará a cargo da direção da escola.


.: Central Parque lidera campeonato de malha :.

Depois de vencer as duas partidas disputadas contra o clube Cidade Nova de Itu no domingo 24 de janeiro, o Esporte Clube Central Parque lidera o Campeonato Citadino 2010 com 15 pontos, ao lado do Estrada e de Salto de Pirapora. Cada partida vale 3 pontos, e com as vitórias, o Central Parque somou 6x0.
Este foi o terceiro confronto do ano. O Central Parque venceu duas partidas em casa e 3 fora. Na próxima partida, domingo dia 31 de janeiro, a equipe viaja para Cerquilho, enfrentar o time local. Na semana seguinte, 7 de fevereiro, às 9h, o adversário é a cidade de Boituva. A disputa será na sede do Esporte Clube Central Parque, na rua Rua Santos de Oliveira, 301, Central Parque. A entrada é gratuita. Informações pelo telefone 9743.2843.


.: Cursos culinários da Dijos :.

Durante o mês de fevereiro os cursos culinários promovidos pela loja Dijos Doces serão oportunidades para aprender novas receitas para a páscoa. Todos os cursos acontecem a partir das 14h, com exceção do dia 18 de fevereiro. Confira as datas:
08/02 – Aula especial de Páscoa. Ovos trufados e decorados. Técnicas de derretimento. Profª. Valquiria. (Formas Suíça)
10/02 – Ovos de Páscoa Recheados e decorados. Casca do Diamante Negro, Sonho de Valsa e Milho Verde. Profª. Renata Caresia (TV Gazeta).
18/02 – Bombons finos recheados e decorados com transfers. Profª. Sara (Harald). Às 19h.
22/02 – Ovos de Páscoa para iniciantes. Todas as técnicas. Profª. Ana Pavini (Garoto).
25/02 – Trufas e Ovos de Páscoa com recheio de trufas. Profª. Sara (Harald).
As aulas são realizadas em uma cozinha específica para cursos no salão de festas Spaço Kids, rua Mário Soave, 552, S. Marcos. O telefone é 3017.0529. A Dijos Doces fica na Av. Gal. Carneiro, 1808, Jd. Simus. Informações: 3222.5274 e 3217.9087.

.: Prefeitura quer mais alunos em projeto de alfabetização de adultos :.

Com objetivo de reduzir o índice de analfabetismo na cidade, a Secretaria da Educação (Sedu) intensifica a divulgação das inscrições ao projeto “Alfa Vida”, alfabetização de adultos. A partir da próxima terça-feira (02), as inscrições já podem ser realizadas em qualquer unidade educacional da Rede Municipal e nas unidades do Sabe Tudo.
Para quem trabalha durante a semana, a Sedu abriu a possibilidade de inscrições nas 14 escolas que integram o programa “Clube da Escola”, que permanecem abertas nos finais de semana. Na região, 3 unidades municipais fazem parte do programa: “Maria de Lourdes Martins Martinez” (Jardim Santa Bárbara), “Luiz de Almeida Marins” (Júlio de Mesquita) e “Osvaldo Duarte” (Wanel Ville).
A Sedu também solicita a colaboração dos cidadãos que conhecem alguém que abandonou a escola ou não pôde estudar quando criança, para que indiquem os locais de inscrições para que a pessoa retorne aos bancos escolares.
Este ano, o Alfa Vida comemora duas décadas de existência, tendo formado mais de 7 mil alunos nesse período. Em 2009 foram 231 alunos que se formaram no projeto, entre elas, a aposentada Elza Martins Pinto, 70 anos, moradora do Parque das Laranjeiras.
A abertura de classes pode ocorrer em qualquer época do ano, em qualquer uma das escolas municipais, desde que atinja um número mínimo de 25 alunos. As inscrições podem ser feitas a partir de 2 de fevereiro, das 9h às 12h e das 13h às 16h, em qualquer unidade de ensino do município. Informações pelo fone 3234-4161.

.: Akakia Cosméticos abre loja na zona oeste :.

Desde o último mês de dezembro a zona oeste conta com uma loja da Akakia Cosméticos no Júlio de Mesquita. A franquia de abrangência internacional é uma das que mais cresce no Brasil há alguns anos.
As sócias-empresárias Cristina Pires e Marly de Oliveira já são proprietárias da outra unidade existente na cidade, localizada no Sorocaba Shopping desde 2005. Segundo Cristina, esta nova loja foi instalada na região por conta do potencial e desenvolvimento do bairro e seu entorno. “Ainda temos intenção de abrir na zona norte, provavelmente no futuro Shopping Itavuvu”, explica.
A Akakia trabalha com cosméticos de fabricação própria e possui um diferencial: seus produtos são destinados a todas as classes sociais, mesmo tendo um preço acessível. São itens desenvolvidos com a mais alta tecnologia, em embalagens modernas e elegantes, para mulheres, homens e crianças. São perfumes, hidratantes, loções, sabonetes, shampoos, condicionadores, maquiagem, entre outros produtos que somam cerca de 300 itens.
O endereço é avenida Américo Figueiredo, nº 3.725, ao lado da Locadora Menk, no Júlio de Mesquita. O telefone da loja é 3202.5920.

.: Empresária ensina gratuitamente a linguagem de sinais :.

A comunicação com dois familiares surdos motivou a empresária Luciana Stanzioni, moradora do Wanel Ville, a ingressar em um curso de Libras, a Linguagem Brasileira de Sinais. “No começo foi bem difícil, mas fui persistente”, conta. Agora ela está oferecendo aulas gratuitamente para quem desejar.
Luciana explica que, além dos seus entes, na igreja onde frequenta também há um deficiente auditivo. Por causa disso, ela começou a interpretar os encontros e as músicas. “Ele ia à igreja, mas não ouvia nada do que se passava”, lembra. Como o rapaz é querido, outros frequentadores manifestaram o desejo de aprender libras para poder também se comunicar com ele. A partir disso, Luciana iniciou as aulas.
Com a intenção de colaborar para a inclusão das pessoas com problemas de audição, Luciana passou a ensinar. “É um dom de Deus poder beneficiar o surdo”, afirma. Segundo a empresária, todas as repartições públicas deveriam ter um intérprete de libras. Os comerciantes também poderiam se beneficiar com isso. Ela diz que mesmo se as pessoas acharem complicado aprender, devem persistir: “Eu também achava complexo, mas Jesus me capacitou e hoje interpreto na igreja”.
As aulas de libras acontecem às sextas-feiras, das 20h às 21h30. Mais informações com a própria Luciana pelo telefone 3016.2175.

.: Cuidados ao levar seu animal para banho e tosa :.

Hoje em dia podemos encontrar variados tipos de serviços dentro do banho e tosa. Estes serviços vão desde hidratações, banho de brilho, coloração e também uma novidade: queratinização dos pelos dos nossos bichanos.
As diferenças vão desde os profissionais que prestam estes serviços à qualidade dos produtos utilizados. Existe uma variedade de produtos no mercado, porém aqueles sem aditivos químicos, corantes e sal são os de melhor escolha. Estes também diminuem os riscos de problemas dermatológicos. É bom lembrar também que a beleza da pelagem está relacionada com a nutrição e a saúde do animal. Cães e gatos bem nutridos apresentam pelagem bonita, brilhante e sedosa.
Outro aspecto importante na escolha de um Banho e Tosa, é o registro deste estabelecimento no órgão que regulamenta o funcionamento dos mesmos. A presença de um profissional da área Médica Veterinária também deve ser um fator relevante. O Médico Veterinário dentro do Banho e Tosa identifica problemas na saúde de seu animal, além de orientar funcionários e clientes.
Procure estabelecimentos que priorizem a qualidade e a excelência no tratamento de seu Pet. Consulte sempre um Médico Veterinário, informe-se no Site do Conselho Regional de Medicina Veterinária.
Dra. Viviane Regina V. Almeida CRMV – SP 17.954

 

.: 20 de janeiro foi o Dia do Farmacêutico :.

No último dia 20 de janeiro foi comemorado o dia do farmacêutico. Fomos conversar com Shirlei Confortini Gil, proprietária da Drogaria Opção, no Jd. Santa Bárbara.
Sorocaba ainda estava prestes a formar sua primeira turma de Farmácia, quando Shirlei se formou em Piracicaba, em 1998. Saindo da universidade, foi trabalhar na indústria farmacêutica, um dos possíveis destinos deste profissional. Porém, no trabalho acabou se relacionando com um colega, e ao se casarem, precisou sair da empresa, que não admitia casais trabalharem juntos.
Shirlei foi para o comércio, como farmacêutica responsável de uma drogaria. “Me encantei pelo contato com as pessoas e decidi montar a minha”, lembra. Ela fez uma pesquisa no bairro, e viu que o Santa Bárbara comportava uma farmácia, onde está há 4 anos.
A empresária explica que no ramo o diferencial, além do preço, está na qualidade do atendimento. “É preciso conhecer o seu cliente, sua família, sua saúde, entre outras coisas, para estreitar laços de confiança”, afirma. Segundo Shirlei, o profissional deve ser um educador. “Às vezes a pessoa não quer seguir o tratamento que o médico passa, por conta do alto custo de alguns remédios. E é atrás do balcão que o farmacêutico vai convencer de que aquilo é realmente necessário”, destaca. Pelo estreitamento de relação entre o farmacêutico e o paciente, a medicação pode ser mais eficaz. “Eu conheço se o cliente é alérgico a alguma substância, hipertenso, gestante ou lactante, etc.” revela.
Shirlei finaliza dizendo que todo farmacêutico, seja do balcão ou da indústria, precisa refletir sobre a importância da profissão. “Cada um é uma gota no oceano, mas juntos podemos melhorar a saúde de todos”, encerra.



.: Aluna do Kumon passa em vestibular para medicina :.

Ex-aluna do Kumon, Luciane do Nascimento Américo, moradora do Jd. Europa, é a mais nova aprovada para o curso de Medicina da Universidade Anhembi, em São Paulo. A estudante de 22 anos se preparou durante 8 meses na disciplina de matemática e conseguiu o ingresso no tão desejado curso.
Ela aderiu ao método na unidade do Jd. Magnólia. “Ter feito Kumon foi uma experiência que só somou na minha vida”, revela. Ela explica que se sentiu mais segura durante a prova. “Além de aumentar meu conhecimento em matemática, o Kumon também desenvolveu meu raciocínio no geral, fazendo com que eu ficasse mais confiante na hora do vestibular”, afirma.
O Kumon é um método de ensino de origem japonesa, que visa acelerar o aprendizado através de uma rotina de exercícios individuais em disciplinas como português, matemática, japonês e inglês.
Satisfeita, Luciane agradece pela existência do Kumon. “Hoje como estudante de medicina, posso dizer que o curso valeu a pena, e foi um dos fatores que somaram para eu chegar até aqui. Obrigada Kumon!”, encerra.
Para saber mais sobre o método, a unidade Jd. Magnólia está à rua Dr. Luiz Pereira de Campos Vergueiro, número 20, ou através dos telefones 3011.2546 ou 3232.7280.


.:Continuam abertas inscrições para curso na Casa do Cirineu :.

A Casa do Cirineu, está com inscrições abertas para o ano de 2010, no projeto “Criando com amor”. Este projeto, anteriormente se chamava “Arco-Íris”, e a mudança aconteceu apenas no nome. São duas fases: a primeira é voltada para crianças de 11 a 14 anos e acontece aos sábados; a segunda é feita durante a semana, em período alternativo ao da escola, e é direcionada para crianças de 7 a 10 anos. Em ambas são realizadas atividades sócio-educativas (sem caráter de reforço escolar), onde são trabalhados temas como educação, moral, cidadania, sentimentos e comportamento, além de informática. As inscrições podem ser feitas na própria sede.
A entidade
De um trabalho social do Núcleo Espírita de Evangelização Ismael no Itanguá II, nasceu uma grande obra, a Casa do Cirineu. Hoje o local conta com uma sede própria, construída em um terreno de 3.000m².
A Casa sobrevive através de doações diversas e principalmente dos Associados Contribuintes, que fazem a sua colaboração através de carnê. Quem quiser conhecer, contribuir ou até mesmo participar de algum dos projetos, pode entrar em contato com a instituição através do telefone 3202.7353. A Casa do Cirineu fica na rua Arnaldo Giardini, 131, no Jd. Itanguá II.

.: Fisk inaugura escola na Zona Oeste :.

Desde o dia 5 de dezembro, o Júlio de Mesquita conta com uma unidade da Fisk, Centro de Ensino, na avenida Américo Figueiredo, número 3.666. A diretora da unidade Andréa Catel e o diretor administrativo Evandro Fernandes estiveram na sede do jornal Bairro em Foco para apresentar as propostas de ensino que serão implantadas no bairro.
Andréa, que dá aulas na instituição desde muito jovem, há 8 anos também é proprietária de outra unidade no Trujillo, na avenida General Osório. Ela conta que a ideia de abrir na zona oeste foi do Evandro, que reside no Wanel Ville e sabe do potencial da região. “Encontramos um bom imóvel no Júlio de Mesquita, que é um bairro em constante crescimento”, explica Andréa. A intenção também é de contribuir com a valorização para os moradores, descentralizando o ensino. “Estamos seguindo uma tendência de mercado das grandes empresas, que é de apostar cada vez mais no atendimento regionalizado, para evitar grandes deslocamentos, trânsito, entre outros benefícios”, ressalta Evandro.
A marca Fisk tem mais de 13 milhões de alunos espalhados pelo Brasil, nos mais de 50 anos de existência. A rede segue as tendências de educação moderna, com um método avançado e responsável.
Andréa afirma que em sala de aula, desde o primeiro dia, os alunos aprendem a falar, escutar, ler, escrever e pensar em inglês ou espanhol. “Para o inglês, atendemos crianças a partir de 4 anos”, revela. No caso do curso de espanhol, é um forte aliado para as aulas do idioma que passam a ser obrigatórias nas escolas (públicas ou particulares) a partir de 2010.
Já nos cursos de informática, é possível operar os programas mais avançados e nas aulas de português para brasileiros tirar todas as suas dúvidas sobre o nosso idioma.
Para mais informações sobre cursos, conteúdos e matrículas, o telefone é 3234.5222.

.: Tratamento pioneiro contra obesidade está em andamento na zona oeste :.

Uma parceria está possibilitando um tratamento de obesidade pioneiro na zona oeste. Lília Armbruster (acupunturista), Tatiani Monetto (nutricionista e acupunturista) e os sócios William Fontes e Júnior Pinheiro (educadores físicos da academia Oxigênio) se uniram para oferecer seções de acupuntura, cardápio nutricional e exercícios físicos em um pacote baseado na MTC (Medicina Tradicional Chinesa), visando o emagrecimento.
Segundo a acupunturista Lília Armbruster, essa junção é inédita na região, e vai proporcionar um tratamento personalizado para os interessados. “Exercícios, cardápio e sessões de acupuntura serão definidos através de uma avaliação que vai verificar a necessidade da pessoa”, explica. Muitos fazem regime, trabalhos físicos ou acupuntura, mas cada um de forma isolada, e não conseguem os resultados desejados, voltando a ganhar peso em pouco tempo. Às vezes é preciso cortar alface do cardápio de uma pessoa, para que ela possa emagrecer. “É preciso analisar o organismo do paciente. Se ele tiver pouca energia no corpo, terá que cortar os alimentos de natureza fria. Se tiver excesso energético, deve evitar os alimentos de natureza quente”, revela a nutricionista e acupunturista Tatiani Monetto.
O trabalho físico também será feito dentro das possibilidades de cada participante. “Será avaliado o potencial ósseo e respiratório para poder aplicar os exercícios”, diz William Fontes. A Oxigênio disponibiliza um horário específico para o grupo que faz parte do pacote. “As academias têm grupos de terceira idade, de gestantes e dificilmente montam grupos de obesos. É o que vamos fazer”, afirma Júnior Pinheiro.
O tratamento trabalha no equilíbrio dos órgãos, que é uma das causas da obesidade. A acupuntura vai proporcionar uma sensação de bem estar, melhorando a digestão reduzindo a ansiedade, a compulsão alimentar, atuando no metabolismo e proporcionando um equilíbrio físico e emocional. A dieta balanceada vai promover uma reeducação alimentar, acrescentando no dia a dia alimentos necessários e funcionais e removendo hábitos alimentares nocivos. Os exercícios físicos possibilitam o aumento das atividades cardiorrespiratórias, o fortalecimento da musculatura e diminuição do sedentarismo, que é um dos principais causadores da obesidade.
Serviço: Para saber mais informações sobre o Tratamento de Obesidade através da MTC, basta contatar um destes profissionais:
Acupuntura: Lília Maria Armbruster Denardi – Telefone: 3221.2551.
Nutrição e Acupuntura: Tatiani Cardoso Monetto – Telefone: 3217.9872 ou 9787.2385.
Academia Oxigênio: Telefones: 9116.4744 ou 8137.3392

Olá Cris. Me casei há 25 anos. Tenho 2 filhas uma com 25 e outra com 16. Faz 8 anos que estou viúva de marido vivo. Ele foi trabalhar no exterior e está ausente todo esse tempo. Na viagem, senti como se ele tivesse ido para o seu escritório como de rotina e nem fui ao aeroporto para a despedida. Não senti nenhuma falta da presença dele. Agora ele fala em retornar ao meu lar, como se nada tivesse acontecido. Me irrito com a voz dele no telefone. É como se não passasse de um estranho. Já disse que muita coisa mudou, mas ele não entende, pois pensa que seus telefonemas e ajuda financeira mensal lhe dão o direito de retornar. Preciso dizer que acabou o amor. Ele vai continuar sendo o pai das minhas filhas e só. Às vezes tenho dó, mas tenho que ter dó de mim, pois fiquei sozinha com as filhas, sendo pai e mãe ao mesmo tempo, lidando com os problemas da adolescência. Quero ficar livre para me interessar por outra pessoa. Quando comento que não arrumei ninguém, minhas amigas não acreditam e até tiram sarro. Fico no aguardo da sua opinião, obrigada.

Olá cara leitora. Vejo pelo seu relato que você se acostumou a viver longe de seu marido, e que ao longo do tempo o afeto que sentia por ele foi se diluindo. Compreendo como você se sente, pois esta reação é natural. Em geral, o amor é um sentimento que vamos construindo na convivência do dia a dia. Vejo que você está aflita porque ele está decidido a voltar. Entendo o quanto isto te preocupa, pois você havia se adaptado a uma nova realidade e o retorno significa uma mudança drástica em sua rotina.
Neste caso, acredito que o melhor a ser feito é ser a mais honesta possível com você mesma e com ele, explique como está se sentindo. Reflita se você realmente não o tolera mais ou está assustada em ter repentinamente um homem dentro de casa, já que há tanto tempo se habituou a ser a única responsável pelo lar.
O importante é não atropelar seus sentimentos. Se ainda não está pronta para recebê-lo, diga para ele de forma honesta e firme, mas com delicadeza. Explique que você precisa de um tempo para se adaptar e que o retorno para sua vida será feito de forma gradual dentro do seu tempo e que talvez possa não haver mais volta. Oriente-o a respeitar sempre suas limitações, tudo que for aversivo demais para você e imposto de forma bruta só a afastará ainda mais dele.
Se puder, pense em alternativas intermediárias. Quem sabe se tentarem um tempo em casas separadas? A retomada do casamento só será possível se houver reconquista, como no tempo de namoro. Experimente, entre em contato com a nova realidade, observe as reações dele e depois de acordo com o que sentir, escolha o que te faz mais feliz. Boa sorte!

Dra. Christiane M. T. Araujo - Av. Am. Figueiredo, 454 - Jd. Simus - Fone: 3221.7106 / 3018.1180

.: Comunidade realiza Festa do Pastel :.
A Comunidade São Marcos, da Paróquia São Judas Tadeu, está promovendo a Festa Beneficente do Pastel em prol da construção da nova igreja no Central Parque. O evento acontece no próximo dia 20 de fevereiro, a partir das 16h, no salão do Centro Social “Padre Pio”, rua Clara Goldman, no Jd. São Marcos.
Os convites antecipados estão à venda na própria Comunidade São Marcos ou na loja Roberto Materiais para Construção, rua Juvenal Ferraz Martins, 196, no Jd. São Marcos. Mais informações pelo telefone 3221.8198.


.: Pensamentos do Jota :.
Começo de ano, férias de funcionários, e as emissoras de TV lotam suas programações com “reality shows”. Atrações que pretendem chamar a atenção explorando o comportamento real de indivíduos frente aos mais diferentes desafios, sempre em busca de algum prêmio em dinheiro.
O mais bem sucedido programa do gênero, obviamente é o Big Brother Brasil, em sua décima versão na Rede Globo. Todos já sabem que os participantes ficam durante meses numa casa, votam uns nos outros para o “paredão”, onde o público elege semanalmente quem deve sair do jogo. Quem permanecer mais tempo leva um prêmio milionário.
As armações, intrigas, amizades e romances são apenas ingredientes do que se dedica a ser uma espécie de novela da vida real. E como o brasileiro tem o hábito de futricar a vida alheia, o formato da atração tem feito sucesso todos os anos. Sem contar o apelo sexual de participantes, em sua maioria, saídos de catálogos de agências de modelos. O que causa dúvida é a possível manipulação da opinião popular, já que a imensa maioria das pessoas (por motivos óbvios) não acompanha o programa 24h por dia. Fica a cargo de um resumo diário, editado pela própria emissora, a missão de transmitir a suposta realidade do jogo. Com isso, alguns participantes se tornam heróis e outros, de maneira inversamente proporcional, vilões. E bem sabemos que uma vez editadas, as imagens podem nos levar a conclusões equivocadas.
Em contrapartida, com menos glamour, porém bem mais intrigante, o SBT apresenta “Solitários”. No programa, 9 pessoas têm de ficar 20 dias confinados em uma pequena cabine, sem contato com o mundo externo e sequer uns com os outros. Eles passam por provas que vão testar suas habilidades e dificuldades individuais, os elevando até o limite das forças física e mental. Da mesma forma que o BBB, neste jogo o último a sair também é o vencedor. Contudo, leva para a casa um prêmio pequeno se comparado à recompensa da atração global: R$ 50mil.
Se um “reality show” se propõe a ser uma espécie de laboratório de observação do comportamento humano, os testes de “Solitários” me parecem muito mais interessantes do que as já manjadas táticas dos BBB’s. Está certo que a edição de imagens do SBT também pode maquiar o que deveria ser real. Mas é melhor ser mero espectador de um jogo empolgante, do que ter a falsa sensação de interatividade do Big Brother, e me sentir manipulado pelas edições de imagens. No que depender de mim, nessa briga o BBB fica cada dia mais sozinho, enquanto faço companhia aos solitários do SBT.


.: Errata :.

Na edição número 23 do jornal Bairro em Foco – Central Parque & Cia., na matéria “Dispensário Irmã Sheila terá cursos gratuitos” (pág. 07), informamos de forma equivocada o número de telefone da instituição para informações.
Ao contrário do que foi publicado o telefone não é 3222.9235. O correto é 3222.9535. Nossas desculpas por possíveis transtornos causados.